A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018


16/06/2018 10:54

Argentina estreia na Copa com empate de 1 a 1 sobre a Islândia em Moscou

Time celeste e branco pressionou os europeus, mas a zaga e o goleiro islandeses resistiram até os últimos minutos.

Ricardo Campos Jr.
Partida entre Islândia e Argentina neste sábado (Foto: Fifa/divulgação)Partida entre Islândia e Argentina neste sábado (Foto: Fifa/divulgação)

Em um jogo apertado, a Argentina e Islândia empataram em 1 a 1 ao estrearem na Copa da Rússia neste sábado (16), no estádio Spartak em Moscou. A seleção latino-americana pressionou o time europeu, que não cedeu e conseguiu resistir principalmente pelo trabalho do goleiro Halldórsson, que pegou até pênalti batido pelo craque do time rival.

A disputa começou equilibrada e com sustos para ambos os lados. Aos oito minutos do primeiro tempo, Messi cobrou uma falta e Tagliafico desviou com a cabeça, fazendo com que a bola batesse na trave. Logo em seguida, Finnbogason arriscou um chute que deixou apreensivo o goleiro Caballero.

O time de Messi seguiu pressionando os islandeses. Aos 16 minutos, o craque argentino soltou uma bomba que foi salva pelo goleiro rival Halldórsson.

Aos 18 minutos saiu o primeiro ponto para a seleção celeste e branco. Rojo tentou chutar para o gol, mas o tiro saiu fraco, abrindo espaço para Agüero dominar e usar a canhota para colocar a bola na rede.

O troco só veio aos 23 minutos ainda do primeiro tempo. Os islandeses pressionaram com bolas seguidas na área argentina. Sigurdsson bateu cruzado, Caballero pegou de rebote e Finnbogason deixou tudo igual na partida.

A Argentina começou o segundo tempo pressionando o time rival. Logo quando a partida recomeçou, Meza deu o primeiro susto ao cruzar na área da Islândia e ver a bola afastada pela zaga. Na sequência, Di María tentou novamente o gol, mas a defesa resistiu mais uma vez. Otamendi tentou a cabeça, mas mandou alto demais.

Durante um ataque do time celeste e branco, Magnússon derrubou Meza na área e o juiz marcou pênalti. Messi cobrou e o goleiro Halldórsson defendeu. O craque argentino teve mais uma chance aos 20 minutos do segundo tempo ao cobrar uma falta pela direita, mas a bola foi alto demais e sequer passa perto do travessão adversário.

Os argentinos tiveram mais uma série de chances perdidas. Entre elas, com Higuaín aos 41 minutos e Messi aos 35 e 32 minutos do segundo tempo e nos primeiros instantes da prorrogação. Com todos os esforços de avançar em vão, o jogo terminou igual em Spartak.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.