A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


10/06/2018 11:48

Ataque funciona e Brasil goleia a Áustria em último jogo antes da Copa

Nesta segunda-feira a Seleção Brasileira já estará na Rússia para a última etapa da prepaparação para estreiar na Copa domingo no próximo domingo, dia 17

De Viena, na Áustria, Paulo Nonato de Souza
O ex-palmeirense Gabriel Jesus abriu o caminho para a goleada do Brasil neste domingo diante da Áustria, em Viena (Foto: Heinz Peter Bader/ REUTERS)O ex-palmeirense Gabriel Jesus abriu o caminho para a goleada do Brasil neste domingo diante da Áustria, em Viena (Foto: Heinz Peter Bader/ REUTERS)

Com gols de Gabriel Jesus, aos 35 minutos do primeiro tempo, Neymar, aos 16, e Philippe Coutinho, aos 23, da etapa final, a Seleção Brasileira venceu a Áustria por 3 a 0, neste domingo, no Estádio Ernst Happel, em Viena, em seu último amistoso de preparação antes da estreia na Copa do Mundo de 2018, contra a Suíça, no próximo domingo, às 14h (no horário sul-mato-grossense), na cidade de Rostov on Don.

O primeiro tempo do Brasil em Viena foi semelhante aos 45 minutos iniciais do amistoso anterior, disputado em Liverpool, na Inglaterra, quando venceu a Croácia por 2 a 0 em um bom segundo tempo a partir da entrada de Neymar. Desta vez, Neymar iniciou como titular e mesmo assim a Seleção não conseguiu sair da forte marcação austríaca na primeira etapa, mas reagiu na parte final do jogo e goleou a Áustria com uma atuação digna do futebol brasileiro.

Neste domingo, embora não tenha realizado um bom primeiro tempo o Brasil conseguiu controlar a posse de bola. A Áustria, motivada pela sua animada torcida criou algumas oportunidades, mas toda vez que recuperava a bola a Seleção Brasileira saia em velocidade para o ataque, exatamente como exige o treinador Tite. Foram nove finalizações brasileiras, a maioria sem muito perigo para o goleiro Lindner.

A primeira chance de gol do Brasil só aconteceu aos 8 minutos do primeiro tempo com o volante Casemiro em chute forte de fora da área. Depois disso, voltou ameaçar o gol austríaco aos 24 minutos com Coutinho, que abriu espaço em jogada de habilidade e bateu forte no canto baixo esquerdo do goleiro, que fez o desvio para escanteio.

Logo depois disso, no escanteio cobrado por Neymar, o zagueiro Thiago Silva escorou de cabeça e a bola passou rente a trave direita do goleiro da Áustria. O gol brasileiro saiu em jogada de quem nunca deixa de acreditar. Gabriel Jesus apareceu livre no lado esquerdo da área e bateu de curva no canto direito para fazer 1 a 0.

O segundo tempo foi todo brasileiro. O time passeou em campo com um futebol envolvente de belos toques de bola e passou inclusive a ter o apoio da torcida austríaca.
Neymar ampliou para 2 a 0 aos 16 minutos em belo com a marca da habilidade. Deixou o zagueiro Dragovic no chão e bateu sem chance para o goleiro. O terceiro gol saiu aos 23 minutos com Coutinho. Roberto Firmino, que tinha acabado de entrar no lugar de Gabriel Jesus, tocou para Coutinho livre pela esquerda para fazer 3 a 0 para o Brasil.

Quando o árbitro encerrou o jogo, o locutor do estádio pediu que a torcida austríaca aplaudisse a Seleção Brasileira e foi prontamente atendido. Com o golaço que fez hoje, Gabriel Jesus chegou ao décimo gol de Gabriel Jesus em 17 jogos na Seleção Brasileira. O ex-atacante do Palmeiras e atualmente no Manchester City, da Inglaterra, é o principal artilheiro da Era Tite, à frente de Neymar (9) e Paulinho (7).

Na Era Tite são 21 jogos da Seleção Brasileira com 17 vitórias 3 empates 1 apenas uma derrota, 47 gols marcados e 5 gols sofridos. É assim que o Brasil chega para a disputa da Copa do Mundo. “Estou muito feliz, orgulhoso e confiante”, declarou o treinador brasileiro logo na abertura da entrevista coletiva após os 3 a 0 na Áustria.

“Estou orgulhoso porque fizemos uma boa exibição na semana da nossa estreia na Copa do Mundo, e não teve moleza por isso. Foi um amistoso em alto nível diante de um adversário de qualidade e mostramos competitividade leal com apenas oito faltas”, ressaltou Tite.

DADOS DO JOGO EM VIENA:

Local: Estádio Ernst Happel, em Viena

Brasil: Alisson, Danilo, Thiago Silva (Marquinhos), Miranda e Marcelo (Filipe Luís); Casemiro (Fernandinho); Paulinho, Philippe Coutinho, Willian e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Roberto Firmino). Técnico: Tite

Áustria: Lindner; Dragovic, Hinteregger, Arnautovic, Alaba; Baumgartlinger, Prodl, Schopf (Hierlander), Grillitsch; Lainer e Schlager (Burgstaller).

Público pagante: 48.500 torcedores

Arbitragem: Viktor Kassai (Hungria), auxiliado por Oszkar Lemon e Zsolt Varga (ambos da Hungria)

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.