A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018


22/06/2018 03:04

Com Fagner na lateral, Brasil é tudo ou nada hoje em São Petersburgo

A rodada começa com Brasil x Costa Rica, depois segue com Nigéria x Islândia e Sérvia x Suíça

De São Petersburgo, Paulo Nonato de Souza
Com Danilo lesionado e vetado para o jogo, Fagner, do Corinthians, será o seu substituto na lateral-direita da Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)Com Danilo lesionado e vetado para o jogo, Fagner, do Corinthians, será o seu substituto na lateral-direita da Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A rodada da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, nesta sexta-feira, 22, tem o que realmente interessa aos brasileiros, o Brasil. A Seleção Brasileira estará em campo no primeiro jogo do dia, e o nosso segundo compromisso na competição mundial, contra a seleção da Costa Rica, às 8h (no horário de Mato Grosso do Sul).

O Brasil vai abrir a rodada que tem dois jogos pelo Grupo E e um pelo Grupo D. Na sequência do confronto que envolve os brasileiros, a sexta-feira da Copa do Mundo na Rússia terá o duelo entre Nigéria e Islândia, e fechando o dia vão jogar Sérvia e Suíça. Confira a programação já no horário de Mato Grosso do Sul:

8h – Brasil x Costa Rica – O jogo será no moderno Zenit Arena, em São Petersburgo, que nesta sexta-feira amanheceu com o céu nublado e temperatura de 19 graus.

Depois de uma estreia frustrante diante da Suíça, muito mais pelo placar de 1 a 1 do que pela atuação, o Brasil encara a Costa Rica com a responsabilidade de vencer e convencer para continuar seu caminho para as oitavas de final.

Será o confronto do gigante contra o nanico, e isso significa que a Seleção Brasileira, que tem o peso de cinco títulos mundiais e o elenco de jogadores mais caros da Copa do Mundo, entrará com toda a responsabilidade de vencer. Aos costarriquenhos, que estrearam com derrota de 1 a 0 para a Sérvia, resta apenas a tranquilidade de jogar para ver o que pode fazer em campo.

Desta vez o técnico Tite não poderá repetir a escalação brasileira. Danilo sentiu lesão e não poderá jogar. Fagner, do Corinthians, será o seu substituto em um jogo que o Brasil irá para campo assombrado pelo fantasma que ronda a Argentina, também considerada favorita, mas que empatou seu jogo de estreia em 1 a 1 com a frágil Islândia e no segundo jogo perdeu de 3 a 0 para a Croácia. É preciso vence ou vencer para não passar pelo drama dos argentinos.

FICHA TÉCNICA:

Brasil: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar. Técnico: Tite.

Costa Rica: Navas; Gamboa, Acosta, González, Duarte e Oviedo; Venegas, Guzmán, Borges e Bryan Ruiz; Ureña. Técnico: Óscar Ramírez.

Arbitragem: Bjorn Kuipers, auxiliado por Sander van Roekel e Erwin Zeinstra, todos da Holanda.

Quarto árbitro: Damir Skomina (Eslovênia).

OUTROS JOGOS:

11h – Nigéria x Islândia – O jogo é pela segunda rodada do Grupo D. A seleção da Islândia disputa uma Copa do Mundo pela primeira vez e de cara surpreendeu a Argentina ao arrancar um histórico empate por 1 a 0 de uma equipe considerada favorita ao título. Se vencer nesta sexta-feira, dará um passo importante para encaminhar a classificação para as oitavas de final, o que seria um feito extraordinário.

Para a Nigéria, que estreou com derrota de 2 a 0 para a Croácia, a vitória hoje é fundamental. Se tropeçar novamente dará adeus ao torneio. A tendência é que o time africano tenha outra formação em relação ao primeiro jogo para ter em campo um time mais ofensivo.

14h – Sérvia x Suíça – O confronto pela segunda rodada do Grupo E, o grupo do Brasil, vai fechar a rodada de hoje na Copa do Mundo. As duas seleções vem de resultados surpreendentes e o nível de confiança está alto para este jogo.

Se os suíços estão vibrando por conseguir segurar o Brasil no empate de 1 a 1 na estreia, os sérvios abriram sua participação na Copa do Mundo com vitória de 1 a 0 diante da Costa Rica.
Tanto sérvios quanto suíços dão ao Brasil o favoritismo para a primeira vaga no grupo, o que significa que o confronto hoje representa uma briga direta pela segunda vaga para a fase de oitavas de final.

Pelo lado da Suíça, a maior dúvida está no meio de campo. Behrami, que no jogo com o Brasil teve a missão de acompanhar os passos de Neymar, está com dores na coxa esquerda e pode ficar fora e dar lugar a Zakaria.

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.