A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018


30/06/2018 11:55

Em jogo quente, Argentina perde por 4 a 3 para a França e está fora da Copa

Partida cheia de idas e vindas abriu a fase de oitavas de final na Rússia

Ricardo Campos Jr.
Argentinos chegaram a ficar na frente do placar, mas França aos poucos aumentaram a diferença (Foto: Fifa/divulgação)Argentinos chegaram a ficar na frente do placar, mas França aos poucos aumentaram a diferença (Foto: Fifa/divulgação)

Os argentinos deram adeus ao título de campeões mundiais após derrota para a França no primeiro jogo das oitavas de final. Os europeus dominaram a partida e pressionaram os hermanos, que acabaram perdendo por 4 a 3.

Griezmann marcou o primeiro gol da partida durante cobrança de pênalti aos 12 minutos. A penalidade máxima foi marcada quando Mbappé foi derrubado na área por Rojo durante um contra-ataque, rendendo para ele um cartão amarelo. O chute foi certeiro do lado esquerdo e o goleiro Armani não conseguiu segurar.

A Argentina conseguiu recuperar aos 40 minutos do primeiro tempo quando Di Maria recebeu um passe de Tagliafico e mandou no canto da baliza, impossibilitando qualquer reação do goleiro Lloris.

O segundo tempo seguiu com tudo igual no placar até o segundo minuto, quando os argentinos saíram na frente quando um chute de Messi desviou em Mercado e entrou na rede. O ponto acendeu esperança na torcida dos hermanos.

Aos 11 minutos, porém, a França empatou a partida com um golaço de Pavard que recebeu um cruzamento de Hernandez.

Os europeus saíram novamente na frente aos 18 minutos. Hernandez deu um passe para Matuidi tentar bater. A bola sobrou para Mbappé driblar a marcação e chutar de esquerda por cima do goleiro Armani.

A diferença no placar aumentou ainda mais aos 22 minutos em uma jogada combinada que teve Lloris, Umtiti, Matuidi, Kanté e Giroud até chegar em Mbappé, que passou pela defesa e mandou bem no cantinho.

Os argentinos já estavam vendo a vitória ir à bancarrota, não perderam as esperanças e partiram para cima dos rivais. Aos 47 minutos, já na prorrogação, Messi lançou para Aguero reduzir a diferença.

Foi então que começou o drama final dos argentinos. Não havia tempo hábil para igualar e os hermanos acabaram eliminados.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.