A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018


16/06/2018 13:11

Seleção treina na Arena Rostov e está pronta para a estreia deste domingo

O técnico Tite confirmou o Brasil para encarar a Suíça com Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus no ataque

De Rostov on Don, no sul da Rússia, Paulo Nonato de Souza
O lateral-esquerdo Marcelo ao lado do técnico Tite na entrevista coletiva logo após o treino no Rostov Arena (Foto: Paulo Nonato de Souza)O lateral-esquerdo Marcelo ao lado do técnico Tite na entrevista coletiva logo após o treino no Rostov Arena (Foto: Paulo Nonato de Souza)

O Brasil está pronto para iniciar a caminhada rumo ao hexa neste domingo com a estreia diante da Suíça, às 14h (MS). Nesta tarde, no horário da Rússia, o técnico Tite comandou o último treino no local da partida, o Rostov Arena, um belo estádio construído especialmente para a Copa do Mundo e teve investimento de R$ 1,5 bilhão.

“O primeiro jogo tem uma característica diferente, mas não tem que ter desespero. Claro que tem a necessidade do resultado, claro que queremos vencer a Suíça, mas há uma característica diferente da competição, dessa fase de três jogos”, declarou o técnico Tite na entrevista coletivo logo após o treino de reconhecimento do gramado do Rostov Arena.

Na sua avaliação sobre a primeira fase da Copa do Mundo com a disputa de três jogos, baseada em dados do CPA (Centro de Processamento de Dados) da CBF, Tite disse o estudo mostrou que é preciso ter um grande desempenho, porque a classificação estará garantida com nove, mas também pode vir com sete ou até cinco pontos.

“Isso passa que não tem que ter desespero. Claro que vamos buscar a vitória, esse é o objetivo de todos nós aqui e no Brasil, mas há uma característica diferente da competição, dessa fase de três jogos para as fases seguintes quando tu entras na fase de um jogo só”, declarou Tite.

Ao seu lado na bancada da coletiva no Rostov Arena, o lateral-esquerdo Marcelo, que neste domingo será o capitão da Seleção Brasileira , disse que se sente feliz e honrado por defender o Brasil em mais uma Copa do Mundo.

“Lá atrás, quando a gente é criança, jogando bola na rua, na praia, o sonho é vestir a camisa da Seleção Brasileira. Hoje estou aqui representando meu país e tendo a possibilidade de ser capitão em uma estreia de Copa do Mundo, não tem preço que pague isso", afirmou Marcelo.

Sobre a escolha da comissão técnica para que desempenhe o papel de capitão do Brasil logo na abertura da Copa para os brasileiros, Marcelo, de 30 anos, afirmou que se sente experiente e preparado.

"No Real Madrid fui o terceiro capitão quando eu tinha 24 anos. Com 26, o segundo. É uma coisa que eu gosto, sim. É uma parte da liderança que posso passar para o grupo. Quem decide está claro que é o professor Tite, mas aqui nesse grupo todos contribuem com alguma coisa, eu contribuo com experiência, tenho 30 anos. Com jogos, treinos, coisas ruins, coisas boas te dão experiência e me sinto preparado", frisou o lateral.

Dos 23 jogadores convocados por Tite, apenas Fred, que ainda não se recuperou de um trauma no tornozelo direito, sofrido no treino do dia 7 deste mês, em Londres, em uma dividida de bola com o volante Casemiro, não vai ficar nem no banco. O Brasil vai iniciar o jogo com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

POR DENTRO DA COPA – Com o enviado especial Paulo Nonato de Souza, o Campo Grande News estará nos passos da Seleção Brasileira e de todos os acontecimentos que vão envolver o Mundial da Rússia. Veja esta e outras notícias no Canal Copa 2018.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.