A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


17/06/2018 16:43

Vestidos a caráter, torcedores lamentam empate na estreia da seleção brasileira

Campo-grandenses acompanharam jogo contra a Suíça no telão disponível na Praça da República

Gabriel Neris e Kleber Clajus
Torcedores deixam a praça no centro de Campo Grande lamentando resultado na estreia (Foto: Kleber Clajus)Torcedores deixam a praça no centro de Campo Grande lamentando resultado na estreia (Foto: Kleber Clajus)

Os torcedores que acompanharam a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo deixaram a Praça da República – na região central da Capital – frustrados após o empate por 1 a 1 com a Suíça. Muitos entraram no clima da competição e foram vestidos a caráter para a festa neste domingo (17).

Se fora de campo a festa estava armada, dentro dele o Brasil decepcionou. A vendedora Niceléia Oliveira, de 40 anos, dividia a atenção entre os doces e salgados disponíveis para os consumidores e os lances da partida. Apesar do resultado, ela já planeja voltar para a praça no próximo jogo.

O advogado Marcos Motta, 50 anos, reclamou da postura da seleção e disse que o time “poderia ter se esforçado um pouco mais”.

Amigos apareceram com réplica da taça de campeão mundial em praçaAmigos apareceram com réplica da taça de campeão mundial em praça

Já o auxiliar administrativo Matheus Marin, de 23 anos, estava empolgado antes da partida. Até levou uma réplica da taça para a praça. “Não achei que ia ser tão sofrido”, lamentou ele que ainda está na esperança do Brasil se reerguer, citando o 7 a 1 sofrido para a Alemanha no Mundial de 2014. “O primeiro tempo começou bem, o segundo foi sofrido”, completou.

Marin estava acompanhado do acadêmico de jornalismo Caio Teruel, 22 anos. O rapaz diz que não entende de futebol, mas decidiu acompanhar a partida na praça. Também estava otimista com o Brasil, principalmente depois do tropeço da Alemanha, que perdeu para o México neste domingo.

A frentista Karoline Ramos, de 22 anos, foi a praça com uma peruca e na companhia da amiga Stephany Batista, de 18 anos. A arbitragem foi a principal reclamação da dupla. "Imaginava 2x1, mas foi roubado e deviam ser juízes mais experientes apitando", comentaram.

O público se dispersou aos poucos após a partida. Quem decidiu ficar está ouvindo música eletrônica. Não houve registro de confusão no local.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.