ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Profissional de hospital de plástica é vacinada e levanta suspeita de furar fila

Segundo a reclamação, o local não atende pacientes com a doença e os profissionais de lá não estão na linha de frente do combate

Por Lucia Morel | 27/01/2021 16:35
Profissional postou sobre ter sido vacinada em suas redes sociais. (Foto: Direto das Ruas)
Profissional postou sobre ter sido vacinada em suas redes sociais. (Foto: Direto das Ruas)

Alguns profissionais do Hospital da Plástica, em Campo Grande, foram imunizados contra a covid-19, o que acendeu o alerta de suposto furo de fila na vacinação. Denúncia encaminhada ao Campo Grande News pelo Direto das Ruas questiona a imunização da administradora do local, Mariley Martins de Miranda.

Segundo a reclamação, o local não atende pacientes com a doença e os profissionais de lá não atendem na linha de frente do combate ao novo coronavírus. No site do Hospital da Plástica de Campo Grande, são citadas apenas intervenções como lipoaspiração, mamoplastia e até transplante capilar.

“Por que as pessoas que trabalham no administrativo de um hospital de plástica, que não recebe doentes com covid e não são médicos, estão recebendo a vacina contra o covid?”, questiona o leitor.

O reclamante, que pediu sigilo em seu nome, “não acho justo com quem realmente está na linha de frente e não pode tomar a vacina por não tem mais doses!”, por isso disse ter encaminhado a denúncia. “Isso não está certo!!! Será que o Mato Grosso do Sul tem tantas doses disponíveis assim?”, questiona.

Mariley não é médica, apenas administra o hospital. "Jamais poderia tomar”, avalia, lembrando que enfermeiras do hospital também foram vacinadas, mesmo o hospital não atuando na linha de frente.

Segundo a profissional, a vacinação ocorreu sem qualquer solicitação do hospital. Foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde. "Gostaria de deixar registrado que a Sesau nos mandou um ofício, no dia 15/02, solicitando a lista dos profissionais vinculados ao HPLAS". Ela diz que a lista foi enviada ontem e todos os 65 profissionais foram vacinados hoje, na presença de 2 funcionários da Sesau.

Em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), a secretaria informou apenas que em breve dará retorno. No entanto, plano de vacinação divulgado hoje pelo município esclarece que "devido ao quantitativo de doses recebidas, os grupos de risco definidos na primeira fase poderão ser estratificados, aos profissionais de saúde da Linha de Frente(*) de combate ao COVID-19, idosos asilados e indígenas aldeados" e na sequência estabelece que grupo prioritário são "Profissionais de saúde, em atividade, públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de COVID-19"

Ministérios Públicos Estadual e Federal têm alertado sobre a fura de fila e inclusive, abriram canais de denúncia para esses casos. Resultado de enquete divulgado ontem pelo Campo Grande News mostra que maioria da população quer transparência na divulgação dos dados de vacinação contra covid-19, inclusive com o nome dos vacinados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário