A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

15/04/2014 11:12

Paixão de Cristo será encenada em paróquias e comunidades da Capital

Luciana Brazil
Jovem se prepara para interpretar Jesus na Paróquia Sagrado Coração de Jesus. (Foto: Aqruivo) Jovem se prepara para interpretar Jesus na Paróquia Sagrado Coração de Jesus. (Foto: Aqruivo)

A Paixão de Cristo, um dos momentos mais importante para a fé católica, leva milhares de fieis a relembrar o calvário de Jesus na sexta-feira santa (18). A narrativa dos últimos momentos de vida de Cristo é encenada em algumas paróquias e comunidades da Capital. Devotos se transformam em verdadeiros atores para contar a prisão, condenação, flagelação e morte de Jesus.

Na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro Santo Antonio, a Via Sacra é encenada há oito anos. Mais de 400 pessoas fazem parte do elenco, e os ensaios já duram mais de dois meses, segundo o pároco Wilson Pereira.

“Na sexta-feira Santa a Igreja propicia este momento de confronto entre as nossas escolhas e as escolhas de Jesus por nós. As dele são opções de vida, e não de morte, enquanto que as nossas nem sempre estão nesta sintonia”, disse.

O padre lembra ainda que este é um tempo “forte para rever e recomeçar novamente a caminhada cristã, partindo do foco da entrega livre de Amor que Jesus faz por nós mediante o sofrimento do carregar a cruz, passar pela cruz, e no terceiro dia nos oferece a vitória sobre os sinais de morte, é a vida nova que nos oferece”, completou.

Neste ano, a encenação na paróquia terá início às 19h30. A entrada é um quilo de alimento não perecível. Uma estrutura com arquibancadas foi montada para receber os fieis. São esperadas cerca de 2 mil pessoas.

Na tradicional interpretação do bairro Moreninhas III, que acontece há mais de 20 anos, até um trio elétrico é usado para contar o sofrimento de Jesus. Os católicos percorrem as ruas do bairro relembrando as 15 estações da Via Sacra.

A representação do flagelo de Cristo começa na comunidade São Pedro e São Paulo, no bairro Moreninhas III e segue até a Paróquia Nossa Senhora Aparecida. São quase quatro quilômetros de distância, segundo um dos organizadores, Anderson Guimarães Gimenes, 21 anos.

Filme Paixão de Cristo mostra prisão, flagelação e morte de Jesus. (Foto:Divulgação)Filme Paixão de Cristo mostra prisão, flagelação e morte de Jesus. (Foto:Divulgação)

Ele conta que há oito anos participa da celebração e, satisfeito diz que desta vez interpretará Jesus. “É uma emoção muito grande. Mostrar o que Jesus passou é evangelizar as pessoas”, disse.

Na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no bairro Monte Líbano, a encenação acontece há 40 anos, como conta o Frei Oscar Lagni. “Já faz parte do calendário da paróquia. São muitos anos encenando e relembrando a Paixão de Cristo”.

Como de costume, os fiéis participam da Celebração da Santa Cruz e em seguida percorrem, em procissão, as ruas do bairro relembrando a Via Sacra, o caminho por qual Jesus passou desde o Monte das Oliveiras, onde foi preso, até calvário, onde foi crucificado.

Neste ano, 60 pessoas farão parte da apresentação. Segundo o frei, cerca de 2,5 mil pessoas devem participar da celebração da sexta-feira santa.

Grupos de teatro se mobilizam no Paço pela implantação do Sistema de Cultura
Coletivos da Cultura de Campo Grande protestaram no final da manhã desta quarta-feira (11), em frente ao Paço Municipal, pela implantação do Sistema ...
Fundação abre inscrições para atrações de MS no Festival de Bonito
A Fundação de Cultura do Governo do Estado abriu inscrições para selecionar espetáculos musicais e cênicos de Mato Grosso do Sul para compor a progra...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions