26/02/2019 14:39

Aeroporto da Capital opera com auxílio de instrumentos para pousos e decolagens

Temporal que iniciou pela manhã castigou a Capital com vários pontos de alagamentos.

Gabriel Neris
Chuva não deu trégua e alagou vias de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)Chuva não deu trégua e alagou vias de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)

A chuva que cai desde a manhã desta terça-feira (26) em Campo Grande não prejudicou os voos que estavam previstos, mas fez com que o Aeroporto Internacional operasse com a ajuda instrumentos para pousos e decolagens desde as 9h, de acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

O temporal que iniciou pela manhã castigou a Capital com vários pontos de alagamentos. Segundo o meteorologista Natálio Abrão, os ventos chegaram a 40,3 km/h.

Uma mulher precisou subir no próprio carro para não ser levada pela água na rotatória da Avenida Ernesto Geisel com a Euler de Azevedo. Algumas pessoas foram vistas com a água na altura da cintura.

No cruzamento da Ricardo Brandão com a Joaquim Murtinho, no Centro, um carro foi levado pela enxurrada que fez o Córrego Prosa transbordar. A motorista, uma aposentada, de 69 anos, precisou da ajuda de funcionários da garagem de veículos localizada na esquina para deixar o carro.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a chuva é resultado de um sistema frontal que passa pelo Estado. A previsão para quarta-feira é de céu nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

Na sexta-feira esse canal de umidade deixa de atuar em Mato Grosso do Sul, ainda podem ocorrer pancadas de chuva isoladas nas regiões norte e nordeste. O sábado deve ser ensolarado no sul e nas demais áreas o sol aparece entre nuvens com pancadas isoladas.

imagem transparente