30/03/2019 10:30

Erro em identificação de vítima de acidente causa comoção em famílias

O acidente aconteceu nas primeiras horas do dia durante uma tentativa de ultrapassagem na BR-262, na saída para Três Lagoas

Geisy Garnes
Acidente aconteceu na BR-262, na saída para Três Lagoas (Foto: Henrique Kawaminami)Acidente aconteceu na BR-262, na saída para Três Lagoas (Foto: Henrique Kawaminami)

A falta de transferência de um documento causou confusão na identificação à vítima de um acidente na BR-262, na saída de Campo Grande para Três Lagoas, e comoção em duas famílias de Campo Grande na manhã desta sábado (30). Alexandre Medeiros morreu enquanto pilotava uma Harley-Davidson, mas inicialmente foi identificado como Anderson Walace Araújo Leite, antigo proprietário da moto.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, Anderson vendeu a moto para Alexandre, que ainda não tinha transferido os documentos para seu nome, por isso a confusão no local do acidente. A notícia da morte mobilizou amigos e familiares dos dois atrás de informações. Parentes também entraram em contato com o jornal, e a matéria com o erro foi corrigida.

O acidente aconteceu nas primeiras horas do dia durante uma tentativa de ultrapassagem. Segundo a polícia, Aparecido Cozer, 53 anos, seguia pela rodovia, sentido Campo Grande, em um Volkswagen Up, quando invadiu a pista contrária para tentar passar uma carreta e acabou colidindo frontalmente contra a motocicleta pilotada Alexandre.

Com a batida, o motociclista foi arremessado e parou às margens da rodovia, aproximadamente a 20 metros do local da colisão. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o Corpo de Bombeiros foram acionados, mas à vítima morreu antes de receber atendimento. O motorista do UP relatou que mora em um assentamento na região e estava indo trabalhar. Abalado, contou ainda que nunca havia se envolvido em acidente.

Segundo o Detran, a transferência dos documentos após venda de veículos evita vários problemas, como multas em nomes dos antigos proprietários.

Vítima foi arremessada. O corpo foi encontrado a cerca de 20 metros do local do acidente (Foto: Henrique Kawaminami)Vítima foi arremessada. O corpo foi encontrado a cerca de 20 metros do local do acidente (Foto: Henrique Kawaminami)
imagem transparente