20/05/2019 22:09

Guarda preso com arsenal vai responder a procedimento administrativo

Marcelo Rios também foi afastado de suas funções como guarda municipal.

Adriano Fernandes
Armamento apreendido no imóvel do Jardim Monte Líbano. (Foto: Clayton Neves)  Armamento apreendido no imóvel do Jardim Monte Líbano. (Foto: Clayton Neves)

O guarda municipal Marcelo Rios, de 42 anos, flagrado com um arsenal de guerra na tarde de ontem (19) em uma residência no Jardim Monte Líbano, foi afastado de suas funções como servidor público. O guarda também será alvo de procedimento administrativo disciplinar. 

Marcelo foi abordado neste domingo (19) por uma equipe da polícia no cruzamento da Avenida Eduardo Elias Zahran com Rua Rodolfo José Pinho, no Jardim São Bento. Com o suspeito, os policiais encontraram um carregador de pistola com capacidade para 30 munições.

Em uma das casas do guarda, no bairro Rouxinóis eles ainda encontraram munições importadas de calibre 380. Em um outro endereço do suspeito, no Caiobá, foram encontrados mais carregadores de calibre 38 e 380. Na residência também foi localizado um veículo Fiat Uno com registro de roubo.

Em nota a Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social), do município ainda ressaltou que o caso será punido com rigor, pois teve reflexos "negativos tanto para a Guarda Civil Metropolitana quanto para a Prefeitura Municipal de Campo Grande".

“A Sesdes não admite irregularidades administrativas ou penais, e no caso de sua ocorrência, tal fato é direcionado à Corregedoria da Sesdes para apuração dos fatos e aplicação da legislação pertinente, penalizando o servidor infrator”, diz trecho do posicionamento.

O caso - Durante as investigações, que foram comandada pelo Garras (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos à Bancos, Assaltos e Sequestros) com apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar os agentes ainda receberam a informação de que em uma casa na Rua José Luís Pereira, no bairro Monte Líbano, teriam armas e munições guardadas.

No endereço, que estava abandonado, a polícia encontrou dois fuzis AK de calibre 762, uma espingarda calibre 12, uma carabina de calibre 22, 4 fuzis de calibre 556, 17 pistolas de calibres 9, 22, 40 e 45 milímetros, 33 carregadores de pistola, 18 carregadores de fuzil, um revólver calibre 357, dois bloqueadores de sinal e aproximadamente 700 munições de diversos calibres.

imagem transparente