24/12/2018 11:01

Jardineiro morre atropelado, motorista foge e é suspeito de homicídio

Fato foi na manhã desta segunda-feira (24), no cruzamento das ruas Jerônimo de Albuquerque com a Abrão Anache, no Bairro Nova Lima

Viviane Oliveira e Guilherme Henri
Vítima chegou a ser socorrida, mas morreu dentro da viatura do Corpo de Bombeiros (Foto: Marina Pacheco) Vítima chegou a ser socorrida, mas morreu dentro da viatura do Corpo de Bombeiros (Foto: Marina Pacheco)

Motociclista de 37 anos morreu em acidente envolvendo um carro, na manhã desta segunda-feira (24), no cruzamento das ruas Jerônimo de Albuquerque com a Abrão Anache, no Bairro Nova Lima, localizado na saída para Cuiabá, em Campo Grande. Jefferson Moreira chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu (serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu dentro da ambulância. A suspeita da polícia é de que o atropelamento tenha sido proposital. 

O corpo dele foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino e na sequência será encaminhado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para exame necroscópico. Conforme testemunhas, a vítima conduzia motocicleta Honda Titan preta, quando foi fechada por carro branco e caiu ao chão.

Ainda de acordo com moradores, antes de fugir, o motorista do automóvel voltou e passou por cima de Jefferson. Policias Militares fazem buscas para tentar encontrar o condutor. Segundo o delegado Antônio Ribas Souza Júnior, que atendeu a ocorrência, levantamento preliminar indica que o atropelamento foi proposital. "O caso será registrado como homicídio doloso, quando há intenção de matar", diz.

O militares isolaram o trecho onde ocorreu o acidente e aguardam a perícia técnica para realizar os primeiros levantamentos sobre o fato. Os familiares da vítima relataram à polícia que Jefferson não havia comentando nenhuma ameaça ou desavença com alguém. Ele era Jardineiro e voltava do trabalho. Segundo o delegado, há informação de que o motorista dirigia um Fiat Fiorino branco.

imagem transparente