01/02/2019 07:43

Mais uma loja é arrombada no Centro e suspeito acaba preso em flagrante

Homem de 28 anos foi preso em flagrante. Crime aconteceu por volta das 5h desta sexta-feira (1º) na Rua Dom Aquino com a 14 de Julho

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Ladrão quebrou vitrine de loja usando pedra (Foto: Henrique Kawaminami) Ladrão quebrou vitrine de loja usando pedra (Foto: Henrique Kawaminami)
Estilhaços de vidro ficaram espalhados dentro e fora da loja (Foto: Henrique Kawaminami) Estilhaços de vidro ficaram espalhados dentro e fora da loja (Foto: Henrique Kawaminami)

Em liberdade condicional, Luan Henrique Fernandes Ferreira, 28 anos foi preso em flagrante após estourar a vitrine da loja Passaletti Calçados para furtar. O crime aconteceu por volta das 5h desta sexta-feira (1º) na Rua Dom Aquino com a 14 de Julho, no Centro de Campo Grande. De uma semana para cá tem ocorrido vários casos semelhantes na região. 

Conforme o segurança da central de monitoramento da loja, Luan quebrou o vidro usando uma pedra grande. Ele revirou toda a loja e tentou furtar três pares de tênis e boné, mas acabou preso por um dos vigias da região após o alarme disparar. Estilhaços de vidro ficaram espalhados dentro e fora do comércio.

À polícia, Luan contou que é dependente químico e a intenção era trocar os sapatos por droga. Segundo o cabo Guilherme Augusto, do 1º Batalhão, ele tem problemas psiquiátricos e por diversas vezes já foi encaminhado para o Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População de Rua) e Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua). Ele também é conhecido por praticar vários furtos na região.

Na terça-feira (29), homem não identificado quebrou no chute parte da vitrine da loja Hoover, localizada na Rua 13 de Maio quase esquina com a Dom Aquino. O mês de janeiro fechou com 1.245 casos de furtos somente na Capital. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 1.534 casos, teve queda de 18%. Durante todo o ano passado, foram 16.827  crimes dessa natureza registrados na delegacia.

imagem transparente