14/04/2019 20:47

Mandetta participa de evento de combate a dengue amanhã em Campo Grande

Evento será na Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser, na Avenida Filinto Muller.

Gabriel Neris
Luiz Henrique Mandetta estará na Capital nesta segunda (Foto: Erasmo Salomão/Ministério da Saúde)Luiz Henrique Mandetta estará na Capital nesta segunda (Foto: Erasmo Salomão/Ministério da Saúde)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), estará em Campo Grande nesta segunda-feira (15), a partir das 8h, participando da atualização em manejo clínico da dengue e febre chikungunya e no controle do Aedes Aegypti. O evento será na Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser, na Avenida Filinto Muller.

O pesquisador da Fiocruz e líder da WMP (World Mosquito Program) no Brasil, Luciano Moreira, realizará palestra sobre utilização do mosquito infectado com Wolbachia em atividade piloto em municípios acima de 500 mil habitantes.

Rivaldo Venâncio (Fiocruz/UFMS) ministrará palestra sobre manejo de dengue em adultos. Em seguida o tema será manejo de dengue em crianças pela médica infectologista Márcia Maria Dal Fabbro.

A médica infectologista Melissa Falcão falará sobre a experiência do município de Feira de Santana (BA) no manejo de arboviroses. Em seguida André Siqueira fará apresentação da Rede de Pesquisa Clínica Aplicada em Chikungunya Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas.

A programação também terá as palestras “Monitoramento de vetores com ovitrampas e o controle vetorial de arboviroeses”, “Estratégias inovadoras para combate ao vetor em municípios”. Também será realizada o lançamento da Frente Parlamentar Estadual de Enfrentamento à Trípice Epidemia: Dengue, Chikungunya e Zika.

Preso por violência doméstica diz ter sido torturado por detentos em presídio
Um rapaz, de 29 anos, condenado por violência doméstica diz ter sido torturado por colegas de cela no Estabelecimento Penal do Regime Aberto de Campo...
Jovem tem WhatsApp clonado após anunciar venda de veículo em site
Mais um morador de Campo Grande teve o seu aplicativo de WhatsApp, clonado por golpistas. Neste sábado (18) um rapaz, de 27 anos, procurou a polícia ...
imagem transparente