08/03/2019 23:07

Membro do PCC que estava foragido é preso com armamento, droga e R$ 5,2 mil

Adriano Fernandes
Dinheiro, munições e arma apreendidos com o suspeito. (Foto: Divulgação/PM) Dinheiro, munições e arma apreendidos com o suspeito. (Foto: Divulgação/PM)
Bicicleta que havia sido trocada por drogas. (Foto: DivulgaçãoPM) Bicicleta que havia sido trocada por drogas. (Foto: DivulgaçãoPM)

Apontado como integrante da facção PCC (Primeiro Comando da Capital) e fornecedor de drogas na Capital, Edenilson Alexandre Menezes, de 30 anos, foi preso nesta sexta-feira (08) em Campo Grande ao ser flagrado com arma, munições e mais de R$ 5,2 mil em dinheiro.

O flagrante ocorreu na região da Vila Nhanhá, próximo da Avenida Manoel da Costa Lima.Edenilson, também conhecido como “mano” conduzia uma picape Strada, onde também estava a sua namorada, de 21 anos, e o filho, de 3 anos. Na bolsa da jovem os policiais militares encontraram uma pistola calibre 9 milímetros, além de uma porção de cocaína pura e R$ 5,290 mil. 

“Acreditamos que ele tenha passado na Nhanhá para receber das bocas de fumo, por isso estava armado. Também usava a criança como álibi para não ser abordado pela polícia”, comentou o sargento Leonardo Diarte, do 1º BPM (Batalhão da Polícia Militar) responsável pela abordagem.

Ao ser parado pelos policiais o suspeito ainda teria apresentado uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa. No entanto, a equipe não só descobriu a farsa, como também que Edenilson era evadido do presídio da Gameleira, desde agosto de 2018.

Ainda durante o trabalho de investigação os policiais conseguiram recuperar na região da Nhanhá uma bicicleta, roubada, avaliada em R$ 3 mil, mas que tinha sido trocada por drogas, muito abaixo do valor de mercado, cerca de R$ 200,00. Um celular também foi apreendido.

No aparelho, os policiais encontraram uma imagem em que o suspeito aparece ostentando a arma ao lado de um colega. O caso foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Receptação, trafico de drogas, porte de arma e uso de documentação falsa, são alguns dos crimes que o suspeito foi autuado.

Preso por violência doméstica diz ter sido torturado por detentos em presídio
Um rapaz, de 29 anos, condenado por violência doméstica diz ter sido torturado por colegas de cela no Estabelecimento Penal do Regime Aberto de Campo...
Jovem tem WhatsApp clonado após anunciar venda de veículo em site
Mais um morador de Campo Grande teve o seu aplicativo de WhatsApp, clonado por golpistas. Neste sábado (18) um rapaz, de 27 anos, procurou a polícia ...
imagem transparente