22/05/2019 06:45

Motorista de aplicativo passa 10 horas em cárcere durante roubo a veículo

O rapaz, de 29 anos, foi abordado por volta das 14h30 de ontem, perto do Shoppinh Norte-Sul Plaza

Kerolyn Araújo
Caso foi registrado na Depac da Vila Piratininga. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Caso foi registrado na Depac da Vila Piratininga. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Um motorista que diz trabalhar por meio de aplicativos de transporte passou mais de 10 horas refém de bandidos armados durante um roubo a veículo. O rapaz, de 29 anos, foi abordado por volta das 14h30 de ontem (21) no Jardim Nhanhá, em Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou à polícia que estava parada na Avenida Ernesto Geisel, nas proximidades do Shopping Norte-Sul Plaza, quando foi abordada por dois homens. Eles perguntaram se o rapaz era motorista de aplicativo e se faria uma corrida até o bairro Dom Antônio Barbosa.

A dupla entrou e, logo em seguida, anunciou o assalto. Um dos bandidos chegou a encostar o revólver na barriga da vítima.

À polícia, o motorista contou que foi para o banco traseiro do carro e obrigado a ficar abaixado. Ele foi levado para uma casa, onde foi amarrado com tiras de pano e ficou trancado em um quarto.

Horas depois, os bandidos voltaram ao cômodo, colocaram a vítima no porta-malas do carro e levaram para a região do museu José Antônio Pereira. O motorista foi abandonado no local. Os bandidos fugiram levando o veículo Fiat Uno do rapaz, o celular e R$ 130 em dinheiro.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

imagem transparente