07/05/2019 16:38

Motoristas da Uber paralisam serviço às 13h desta quarta na Capital

Data escolhida é a mesma do início das negociações das ações da empresa na Bolsa de Nova York

Gabriel Neris
Motorista da Uber durante corrida em Campo Grande (Foto: Kísie Ainoã)Motorista da Uber durante corrida em Campo Grande (Foto: Kísie Ainoã)

Motoristas de Campo Grande do aplicativo Uber devem paralisar as atividades nesta quarta-feira, a partir das 13h. Os trabalhadores prometem parar chamando a atenção para as reivindicações feitas à plataforma.

A data escolhida é a mesma do início das negociações das ações da empresa na Bolsa de Nova York. A paralisação está prevista para ocorrer em outros países.

De acordo com a Applic-MS (Associação de Parceiros de Aplicativos de Transporte de Passageiros e Motorista Autônomo de Mato Grosso do Sul), a Capital conta com cerca de 8 mil motoristas. A previsão é de durante a manhã o serviço funcione normalmente, mas que os aparelhos sejam desligados a partir das 13h e os trabalhadores se concentrem nos altos da Avenida Afonso Pena.

O presidente da associação, Paulo Pinheiro, diz que entre os pedidos está a diminuição do percentual de lucro da companhia a cada corrida. “São 30% do lucro por corrida para a plataforma. Estamos reivindicando 15% para o aplicativo”. Segundo ele, uma corrida de R$ 20, por exemplo, o motorista fica com R$ 13 a R$ 14.

Também pedem a diminuição da note de corte aplicada ao motorista, atualmente em 4,6. “É muito alta, prejudica o motorista”.

Pinheiro diz ainda que atualmente é mais vantajoso para o motorista alugar um carro do que trabalhar com o próprio veículo, assim não precisa arcar com o pagamento de impostos e manutenção do veículo, bancando apenas a gasolina.

O Campo Grande News procurou a Uber sobre a manifestação prevista, mas a plataforma não se pronunciou.

imagem transparente