25/12/2018 09:25

Mulher é encontrada morta com sinal de esganadura em casa

Caso foi registrado na manhã desta terça-feira (25), na Rua Timbaúva, na Vila Moreninha II, bairro que fica na saída para São Paulo

Viviane Oliveira e Bruna Pasche
Policiais e bombeiros isolaram a área até a chegada da Polícia Civil e perícia (Foto: Marina Pacheco) Policiais e bombeiros isolaram a área até a chegada da Polícia Civil e perícia (Foto: Marina Pacheco)

A dona de casa Alzai Bernardo Lopes, 59 anos, foi encontrada morta com sinais de esganadura, na manhã desta terça-feira (25), na casa onde vivia na Rua Timbauva, na Vila Moreninha II, bairro que fica na saída para São Paulo, em Campo Grande.

O filho dela, Jurcilei Lopes Pereira, contou que passou o Natal na residência de um familiar e por volta das 23h30 a deixou em casa e foi embora. Hoje de manhã, por volta das 6h30, o irmão dele que estava trabalhando de vigia noturno chegou e encontrou Alzai caída no chão do quarto.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas nada pôde fazer. Segundo informação preliminar dos militares à família, a vítima foi morta por esganadura. Ainda conforme Jurcilei, não há sinais de arrombamento e aparentemente nada foi levado.

No entanto, ele encontrou um pé chinelo em um dos cômodos do imóvel que não pertencia à mãe e sangue no portão da casa ao lado, indícios que leva a crer que suspeito tenha pulado o muro para fugir. A Polícia Civil e a perícia técnica foi acionada para fazer os primeiros levantamentos do local. O caso será registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. 

Mancha de sangue no portão (Foto: Marina Pacheco) Mancha de sangue no portão (Foto: Marina Pacheco)
imagem transparente