25/11/2018 09:15

PM tem carro atingido por tiros após suposta briga de trânsito

Três disparos atingiram o veículo. O policial não ficou ferido e agora a Polícia Civil tenta identificar o autor do crime

Geisy Garnes e Bruna Pasche
Tiros atingiram a porta do passageiro (Foto: Direto das Ruas)Tiros atingiram a porta do passageiro (Foto: Direto das Ruas)

Um policial militar de 45 anos teve o carro - um Volkswagen Gol - atingido por tiros na noite deste sábado (24) após uma suposta briga de trânsito na Avenida Interlagos, na Vila Morumbi em Campo Grande. O autor dos disparos estava em uma caminhonete Toyota Hilux.

Em depoimento, o militar contou que é lotado em Anhanduí, mas mora em Campo Grande e na noite de ontem voltava para casa, após visitar a mãe no Jardim Columbia, quando foi abordado pelo motorista da caminhonete.

Os dois seguiam pela Avenida Interlagos quando o suspeito emparelhou a Hilux com o Gol e perguntou ao policial militar se “ele estava louco”. Sem entender, o militar respondeu que não e viu o homem baixar o vidro e disparar contra ele. Três tiros atingiram o carro, dois na porta do passageiro e um na janela. O militar não ficou ferido.

Após o crime o suspeito fugiu. Segundo o delegado Christian Duarte Mollinedo, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, o militar afirmou não se lembrar de ter fechado a caminhonete, ou ter cometido qualquer outra infração de trânsito que posso ter irritado o motorista - que segundo ele tinha cerca de 40 anos.

Agora a polícia tenta identificar a placa da caminhonete através de imagens de câmeras de segurança da região em que o crime aconteceu. Ainda conforme o delegado, como a vítima é policial militar, nenhuma hipótese sobre a motivação do atentado é descartada. O caso é investigado como tentativa de homicídio e disparo de arma de fogo.

imagem transparente