01/02/2019 11:15

Polícia segue buscas por autores de duplo homicídio no Tiradentes

Crime aconteceu no na noite do dia 16 de janeiro na Rua San Martin. Caso é investigado pela 4ª Delegacia de Polícia Civil

Geisy Garnes e Mirian Machado
Movimentação das equipes policiais no dia do crime (Foto: Direto das Ruas)Movimentação das equipes policiais no dia do crime (Foto: Direto das Ruas)

A Polícia Civil segue as buscas pela dupla que executou a tiros de pistola 9 milímetros Vitor Gabriel Pinheiro, 18 anos, e Deynner Araújo do Prado, 25 anos, na noite do dia 16 de janeiro no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os suspeitos não tiveram os nomes divulgados.

Segundo o delegado Jarley Inácio de Souza, da 4ª Delegacia de Polícia Civil, inicialmente testemunhas relataram que o crime aconteceu após Vítor se envolver com a namorada de um dos suspeitos, no entanto, a principal linha de investigação é a disputa por território entre traficantes do Jardim Hortência e do Jardim Nhanhá.

“Um dos suspeito tem um mandado de prisão em aberto e está foragido da justiça”, detalhou Jarley.

Ainda conforme o delegado, a morte de Vítor estava encomendada o fim do ano passado, mas os pistoleiros “contratados” para o serviço acabaram matando um integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) por engano. “Também não descartamos o envolvimento da facção no crime”.

O crime - Deynner dirigia uma picape Saveiro branca e tinha como passageiros Vitor Gabriel e um adolescente de 14 anos, quando o carro foi perseguido por atiradores em uma motocicleta preta.

No cruzamento das ruas San Martin com Dona Zulmira, o carro foi alvejado por tiros de pistola 9 milímetros. Deynner e Vitor morreram na hora. O adolescente foi socorrido com um tiro no joelho.

Vitor, que era o alvo do crime, tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e roubo. O adolescente era fichado por tráfico de drogas. Deynner trabalhava no comércio do pais e não tinha passagem.

imagem transparente