06/09/2012 09:36

Presídio tem tiroteio após homens jogarem celular e balança de precisão

Ana Paula Carvalho e Paula Vitorino
Celulares e balança foram jogados dentro da Máxima (Foto: Minamar Júnior)Celulares e balança foram jogados dentro da Máxima (Foto: Minamar Júnior)

Policiais militares da patrulha do Presídio de Segurança Máxima trocaram tiros na madrugada desta quinta-feira (06) com homens que jogaram celulares e uma balança de precisão para dentro do estabelecimento penal.

De acordo com informações apuradas pelo Campo Grande News, por volta da meia-noite um grupo de homens arremessou quatro celulares, dois fones de ouvido e uma balança de precisão dentro do pátio. Os policiais perceberam a ação e dispararam um tiro de alerta. Os homens, que ainda não foram identificados, passaram a disparar contra a muralha do presídio. Houve troca de tiros; não houve feridos.

Fernando Anunciação, presidente da Fenaspen (Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários), explica que não é novidade celulares serem arremessados para dentro da Máxima, mas que isso aumentou depois que as medidas de segurança para impedir a entrada de drogas e objetos no prédio foram intensificadas.

“Há aproximadamente 40 dias eles intensificaram a segurança. A revista nas mulheres é mais detalhada, já que elas sentam em uma banqueta que identifica se estão carregando objetos e drogas nas partes íntimas”, relata.

Segundo Anunciação, o espaço entre o muro onde os celulares foram lançados e as celas têm aproximadamente 10 metros e que por conta disso os presos ficam “pescando” o que cai lá dentro. “Eles fazem uma vara artesanal”.

imagem transparente