04/04/2019 15:46

Procon alerta sobre golpe que simula fiscalização para furto de produtos

Numa conveniência, falsos fiscais queriam levar produtos que classificaram como fora dos padrões

Aline dos Santos
Fiscais do Procon Municipal trabalham uniformizados com colete. (Foto: Divulgação/Procon)Fiscais do Procon Municipal trabalham uniformizados com colete. (Foto: Divulgação/Procon)

O Procon Municipal alerta para o golpe da falsa fiscalização, em que pessoas se passam por funcionários do órgão para levar alimentos e produtos. O subsecretário Valdir Custódio afirma que em nenhuma hipótese os fiscais de relação de consumo levam qualquer produto do estabelecimento comercial.

“Todos eles têm identidade funcional assinada por mim, subsecretário e pelo prefeito. Todos usam colete de identificação e em nenhuma hipótese a visita deixa de ser documentada com auto de constatação ou respectivo auto de infração, caso encontrado irregularidade. São pessoas que querem se aproveitar do trabalho que o Procon Municipal vem desenvolvendo e, de forma desonesta, se beneficiar”, afirma Custódio.

Não foi informado detalhes sobre os casos, mas um dos episódios teria ocorrido em uma conveniência de Campo Grande, em que os falsos fiscais queriam levar produtos que classificaram como fora dos padrões.

imagem transparente