19/06/2017 08:54

Bandidos matam empresário e jogam corpo amarrado na piscina de casa

Eles ainda colocaram um vaso sobre o cadáver para que não boiasse

Renata Volpe Haddad
Ronaldo era dono do restaurante Estação Pantaneira. (Foto: O Pantaneiro)Ronaldo era dono do restaurante Estação Pantaneira. (Foto: O Pantaneiro)

O empresário Ronaldo dos Santos Batista, 38, foi encontrado morto com os pés e mãos amarrados dentro da piscina da casa onde morava, em Anastácio, distante 135 km de Campo Grande. A polícia suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

Por volta de 3h desta segunda-feira (19), o alarme de uma casa no bairro Vila Maior disparou e o segurança foi até o local ver o que estava acontecendo. Ao chegar na residência, o segurança viu que a porta da frente estava aberta e acionou a Polícia Militar.

Os policiais entraram na casa e encontraram o corpo de Ronaldo nos fundos da piscina, com as mãos e os pés amarrados por um cordão de nylon e com um vaso nas costas, colocado para que o corpo não boiasse.

O carro do empresário, uma Saveiro Cross não estava no local. Segundo informações do site O Pantaneiro, também foi roubada uma quantia em dinheiro, mas o valor não foi divulgado.

Filho de fazendeiros de Anastácio, Ronaldo, morou por vários anos na Europa antes de voltar para a região e abrir o seu próprio restaurante. A Polícia Civil está em busca dos suspeitos. O carro do empresário ainda não foi localizado. 

Pai e filho são presos após polícia apreender meia tonelada de maconha
Foram presos pela Polícia Civil de São Gabriel do Oeste - cidade localizada a 140 km de Campo Grande - Antônio Rodrigues de Castro, de 65 anos, e Fra...
Ex-dirigentes da Petrobras são processados por improbidade na UFN III
O MPF-MS (Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul) ajuizou contra o ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, e ex-cinco...

imagem transparente