19/06/2017 08:54

Bandidos matam empresário e jogam corpo amarrado na piscina de casa

Eles ainda colocaram um vaso sobre o cadáver para que não boiasse

Renata Volpe Haddad
Ronaldo era dono do restaurante Estação Pantaneira. (Foto: O Pantaneiro)Ronaldo era dono do restaurante Estação Pantaneira. (Foto: O Pantaneiro)

O empresário Ronaldo dos Santos Batista, 38, foi encontrado morto com os pés e mãos amarrados dentro da piscina da casa onde morava, em Anastácio, distante 135 km de Campo Grande. A polícia suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

Por volta de 3h desta segunda-feira (19), o alarme de uma casa no bairro Vila Maior disparou e o segurança foi até o local ver o que estava acontecendo. Ao chegar na residência, o segurança viu que a porta da frente estava aberta e acionou a Polícia Militar.

Os policiais entraram na casa e encontraram o corpo de Ronaldo nos fundos da piscina, com as mãos e os pés amarrados por um cordão de nylon e com um vaso nas costas, colocado para que o corpo não boiasse.

O carro do empresário, uma Saveiro Cross não estava no local. Segundo informações do site O Pantaneiro, também foi roubada uma quantia em dinheiro, mas o valor não foi divulgado.

Filho de fazendeiros de Anastácio, Ronaldo, morou por vários anos na Europa antes de voltar para a região e abrir o seu próprio restaurante. A Polícia Civil está em busca dos suspeitos. O carro do empresário ainda não foi localizado. 

Por melhorias na saúde, grupo de indígenas ocupa sede da Sesai
Grupo com 50 indígenas da etnia kadiwéu ocupam desde ontem (17), a sede da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) em Bonito, distante 257 km d...
Pedro Gomes reduz déficit habitacional com 102 casas do Minha Casa, Minha Vida
Com 102 casas populares construídas por meio da parceria do Governo do Estado com a prefeitura e o Governo Federal, Pedro Gomes não apenas reduziu se...

imagem transparente