15/04/2019 15:31

Câmara e prefeita pedem ajuda ao governo para obra em avenida interditada

Secretário estadual de Infraestrutura Murilo Zauith se reuniu hoje em Dourados com Délia Razuk e o presidente da Câmara Alan Guedes

Helio de Freitas, de Dourados
Délia Razuk, Murilo, secretário de Governo da prefeitura e Alan Guedes em reunião hoje na Câmara (Foto: Divulgação)Délia Razuk, Murilo, secretário de Governo da prefeitura e Alan Guedes em reunião hoje na Câmara (Foto: Divulgação)

A prefeita de Dourados Délia Razuk (PR) e vereadores, liderados pelo presidente da Casa, Alan Guedes (DEM), pediram ajuda ao governo do Estado para a recuperação do trecho da Avenida Presidente Vargas, que afundou há duas semanas após um desmoronamento interno. O pedido foi feito ao secretário de Infraestrutura Murilo Zauith em reunião hoje (15) na Câmara.

A tubulação para passagem do Córrego Laranja Doce sob a avenida foi removida após o desmoronamento e os técnicos da prefeitura descobriram que na obra será bem mais cara e demorada do que o previsto.

Inicialmente a previsão era de 15 dias para a conclusão, mas agora a expectativa é de que a avenida fique interditada por pelo menos três meses. A Presidente Vargas é o principal acesso de Dourados para a MS-156, que liga a ciddade a Itaporã e Maracaju.

“A Câmara está preocupada com essa situação”, afirmou Alan Guedes. Segundo ele, só uma ação conjunta com o apoio do governo é capaz de viabilizar a recuperação da via.

Alan Guedes afirma que a interdição da avenida afeta empresas, transportadoras e as pessoas que precisam se deslocar para Campo Grande e outras regiões do país.

Murilo prometeu relatar ao governador Reinaldo Azambuja as demandas apresentadas na reunião. De acordo com Délia Razuk, os técnicos da prefeitura detectaram o problema, considerado muito sério, antes que pudesse acontecer uma tragédia.

“Será necessário implantar ali um bueiro celular, em duas linhas paralelas, para posterior recomposição do asfalto”, explicou a secretária de Obras Marise Bianchi Maciel, presente ao encontro.

Durante a reunião, Alan Guedes entregou ao vice-governador e secretário um documento assinado por todos os vereadores pedindo apoio logístico, de engenharia e financeiro para restabelecer o fluxo de veículos e pessoas na avenida.

imagem transparente