20/10/2019 13:35

Estudante de Medicina deixa pé de maconha na sacada e acaba na delegacia

A universitária foi ouvida e acabou liberada depois de assinar um TCO (termo Circunstanciado de Ocorrência)

Geisy Garnes
Pé de maconha encontrado na casa da estudante (Foto: Porã News)Pé de maconha encontrado na casa da estudante (Foto: Porã News)

Uma estudante de medicina, de 27 anos, foi parar na delegacia após deixar um pé de maconha na sacada do apartamento em que mora em Ponta Porã – cidade a 323 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, policiais civis foram avisados sobre a planta através de denúncias anônimas e resolveram ir até o endereço indicado. No local viram o pé de maconha em um balde na sacada do apartamento, procuraram a proprietária do imóvel e assim conseguiram encontrar a estudante.

Ela abriu o apartamento para os policiais e explicou que já usou maconha, mas incentivada pelo namorado deixou o vício. No entanto nessa época jogou sementes no balde e a planta germinou.

A universitária foi ouvida na delegacia e acabou liberada depois de assinar um TCO (termo Circunstanciado de Ocorrência). O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã como portar drogas para consumo pessoal, crime de menor potencial ofensivo, ou seja, que tem pena máxima cominada em até 02 anos de cerceamento de liberdade ou multa.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente