03/03/2017 16:17

Ainda há como fugir da mesmice nas FMs locais

Reinaldo Rosa

QUALITATIVAS – Para poucos. FMs de Campo Grande proporcionam placar desolador no quesito da seleção qualitativa. Maioria preocupada com a tal audiência se iguala em programações que classificam “tocar o que o povo gosta”. E dá-lhe de sertanejo tipo Enem.

MESMO BAÚ – Considerando que a palavra ‘povo’ congrega, também, pessoas de bom gosto, emissoras que aplicam na qualidade têm especial destaque. ‘FM UFMS’, ‘103.7 FM’e ‘104 FM’ mantêm grade musical para quem quer fugir da mesmice.

FAMOSO QUEM – ‘FM UFMS’ fincou a programação no binômio ‘música e notícia’ e garante bom número de adeptos. Profissional da área de comunicação pondera sobre a falta da citação de intérpretes e autores das músicas selecionadas.

É NÓIS – A ‘104 FM Educativa’, coerente como emissora do Governo do Estado, promove programação em que todos os segmentos são contemplados. Músicas de raízes (bem diferente do chamado sertanejo) e realce aos ‘pratas da casa’ mantêm bom nível na sintonia.

AS CAMPEÃS – Deixando de lado finalidades ‘educativas’, para as quais são criadas, aos poucos, as FMs das universidades Católica e Uniderp dedicam especial atenção ao fator audiência. Estão bem próximas das que se autoproclamam “a primeira do dial”.

HORA DA SACOLINHA – Loucos por notícias matinais na TV regional ficam na mão no SBT/MS. O ‘Primeiro Impacto’, do SBT nacional, abre espaço para o noticiário local do informativo. E o que temos aqui? O impávido pastor Romildo Rosa Soares e suas próprias interpretações de textos bíblicos. Com especial atenção ao significado da palavra ‘dízimos’.

SOU DA COLCHA – Anunciado os classificados para o ‘Som da Concha’ com seus discutidos critérios de seleção. Nomes como Carlos Colman, Geraldo Espíndola, Hermanos e irmãos, Karina Marques, Curimba, entre outros, ficaram de fora.

AINDA DÁ TEMPO – Com cerca de 40 anos de carreira em solo sul-mato-grossense, o cantor e bom caráter, Carlos Colman, poderia ser alvo de possível reavaliação dos técnicos responsáveis pela seleção e ser um dos nomes do projeto para este ano.

VC NA COLUNA – “Carlos Colman sei como é isso. Também ficamos de fora do ‘Marco’, sem salão de artes em nossa cidade, mas, você. Meu Deus o que é isso?”. Agnes Rodrigues

PRIMEIRO AS DAMAS – “Dia oito de março, é ‘Dia Internacional da Mulher’. O programa ‘Toque 104-Domingo é Dia D’, deste domingo, vem só com as grandes divas da música popular de todos os tempos”. Toque de Ciro de Oliveira, na 104 FM, entre dezoito e dez da noite.

SEMANA QUE VEM – Guilherme Arantes coleciona mais de 25 temas de novelas e mais de 20 álbuns lançados, agora apresenta em Campo Grande um show especial com suas principais criações em um clima intimista e comemorativo aos seus 40 anos de sucesso! 11 de março em mais uma promoção Jamelão e Pedro Silva, no Centro Popular da Cultura.

Emissora exagera em tratamento festivo?
VITUPÉRIO – Atentos seguidores da cena televisiva local discordam do tratamento festivo que a TV Morena dá ao fato de a emissora ser representada no ...
Festival América do Sul sem vitrine televisiva
ATRAÇÃO DA TVE CULTURA – A TV Cultura (SP) conseguiu e exclusividade de transmissão da Super Liga de Volei 2019. A primeira fase da competição aconte...
O samba do doido na pauta dos jornais
CADEIRAS VÃO RODAR – 1º Reality Show Musical da TV Interativa segue com inscrições abertas. Balanço da emissora informa que trinta e dois concorrente...
Ninguém é de ferro na Semana do Saco Cheio
HISTÓRIA – Em tempos remotos, quando internet não existia, o jornalista Maurício Pinto Hugo, então no ‘Correio do Estado’, lamentou a folga do jornal...
imagem transparente