29/11/2018 06:28

O cérebro queima muitas calorias. Pensar emagrece?

Mário Sérgio Lorenzetto
O cérebro queima muitas calorias. Pensar emagrece?

Pensar cansa. Quem nega essa verdade não ficou horas intermináveis trabalhando na frente de um computador, estudando para enfrentar provas difíceis ou planejando os pormenores da reforma de sua casa. Não resta dúvida, a ciência já comprovou: pensar queima tantas calorias quanto correr por meia hora a uma velocidade de 8,5 km/h.
O cérebro humano representa, aproximadamente, 2% do peso corporal e consome 20% do oxigênio e da glicose que temos no nosso organismo. Algo como 350 calorias em um dia. Esse gasto é em seu "estado basal", um meio de manter-se nutrido ao longo do dia. Sem pensar muito.

O cérebro queima muitas calorias. Pensar emagrece?

O cérebro consome calorias até durante o sono.

Todos os processos fisiológicos precisam de energia, mas o cérebro é o órgão que mais energia consome. E além disso, está continuamente funcionando, inclusive durante o sono, o que justifica seu grande gasto energético. No cérebro, presumem os cientistas, a matéria cinza consome mais energia que a matéria branca. Isto é devido à grande quantidade de sinapses e mitocôndrias na matéria cinzenta, junto ao fato de que a matéria branca e mais eficiente e mais econômica.

 

O cérebro queima muitas calorias. Pensar emagrece?

Resolver problemas, o grande consumo de energia.

Mas veja bem, o consumo energético cerebral é altamente variável. Quando está em modo normal, como quando vamos caminhando pela rua pensando em nossas coisas, o consumo é menor, pois nenhuma zona cerebral é mais ativada que as outras. Mas, se de repente começamos a resolver um problema difícil, se ativa uma região concreta e passa a gastar mais energia.
É como um carro que está em movimento lento e quando acelera, dispara o consumo de combustível. O gasto energético cerebral é medido pela quantidade e velocidade de sangue que chega até ele utilizando ressonância magnética e espectroscopia.

O cérebro queima muitas calorias. Pensar emagrece?

Tipo de atividade cerebral.

Todos os trabalhos intelectuais queimam as mesmas quantidades de calorias? Qual cérebro gasta mais, o de um cientista em busca da cura do câncer ou de um contador preenchendo uma planilha de imposto? Não há diferença de profissão ou tipo de trabalho. A diferença está na dificuldade, pode muito bem ocorrer do cérebro de um funcionário administrativo de uma secretária de governo gastar muito mais energia que o do mais famoso dos cientistas do mundo. E há algo ainda pouco aceitável: a famosa pressão do chefe para que termine imediatamente a tarefa, gasta mais energia.

imagem transparente