25/01/2019 18:23

Com problema no abastecimento, lojistas recorrem aos caminhões pipa

Alternativa foi usada em dezembro, depois que calçada na Vila Planalto foi quebrada pela concessionária para reparos

Danielle Matos
Piso tátil foi removido da calçada. (Foto: Direto das Ruas)Piso tátil foi removido da calçada. (Foto: Direto das Ruas)

Um centro comercial na Avenida Tamandaré, na Vila Planalto, está há quase dois meses com o abastecimento parcial de água. Com o objetivo de buscar soluções para o problema, os lojistas tentaram identificar vazamentos na região que justificassem a perda de pressão na rede de distribuição e até chegaram a compraram serviço de dois caminhões pipa.

Proprietária do condomínio de lojas, Glaci Toniasso, 53, afirma que os comerciantes não conseguem realizar serviços de limpeza no interior das lojas e irrigação das áreas verdes durante o dia. “Na maioria das vezes só conseguimos abastecer os reservatórios no período da noite”.

Os vazamentos começaram em dezembro e, por serem contínuos, o condomínio chegou a comprar dois caminhões pipa de água para abastecer o reservatório.

Glaci também afirma que já fizeram diversas reclamações para a concessionária de água, a Águas Guariroba, que segundo a lojista prometeram corrigir o problema. “Já ligamos inúmeras vezes e a conversa é que no dia seguinte vão arrumar. Esse “dia seguinte” nunca chega e o problema não se resolve”.

Os lojistas informaram que funcionários da Águas Guariroba foram até o local e abriram um buraco na calçada, de cerca de dois metros de profundidade, para fazer reparos na rede. “A calçada era nova, estava certinha, e eles quebraram. Depois foram embora e não voltaram para refazê-la”. Parte do piso tátil também foi quebrado.

O Campo Grande News entrou em contato com a Águas Guariroba que encaminhou uma equipe até o local, para solucionar o vazamento. 

Direto das Ruas – As informações e foto chegaram ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Matéria editada às 23h17 para acréscimo de informações***

imagem transparente