08/07/2019 18:33

Prefeitura tem R$ 92 milhões em caixa para pagar 13° em uma só parcela

Poder Executivo prevê o repasse do benefício aos mais de 20 mil servidores municipais em parcela única

Tainá Jara
Pedro Pedrossian Neto não garante que valor ficará intacto até 20 de dezembro (Foto: Arquivo)Pedro Pedrossian Neto não garante que valor ficará intacto até 20 de dezembro (Foto: Arquivo)

Com R$ 92 milhões guardados desde o início do ano para o pagamento de 13° salário, a prefeitura prevê o repasse do benefício aos mais de 20 mil servidores municipais em parcela única, no dia 20 de dezembro. O secretário de Planejamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto, diz que a intenção é deixar esse valor intacto, desde que as receitas municipais permitam isso.

O risco, segundo o secretário, está na queda do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). A arrecadação de maio deste ano foi 7% menor em relação ao mesmo mês de 2018. Portanto, o montante passou de R$ 757,614 milhões para R$ 703,974 milhões.

O alto índice de inadimplência relacionado ao pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) também é uma ameaça. Conforme Pedrossian Neto, 46% dos contribuintes não estão em dia com o município. Entre janeiro e maio deste ano, a arrecadação já havia registrado queda em relação ao mesmo período do ano passado, recuando de R$ 311,242 milhões para R$ 297,305 milhões. 

“Continuamos com muita dificuldade para manter o provisionamento diante da crise. Mas, nós estamos confiantes de que vamos encontrar uma forma de chegar até o final do ano”, afirmou o secretário. A folha de pagamento é de cerca de 130 milhões por mês.

Este é segundo ano consecutivo que o prefeito Marquinhos Trad garante o recurso para o pagamento do 13° salário ainda no início do ano. No ano passado, R$ 80 milhões foram guardados.

A medida foi adotada depois de sufoco enfrentado pela administração municipal em 2017. Na ocasião, o provisionamento do 13º não foi possível e o pagamento só ocorreu depois que houve a venda da folha para o banco Bradesco, no valor de R$ 50 milhões a época.

imagem transparente