30/05/2018 19:39

Canoísta de MS compõe delegação que representa o Brasil em mundial na Suíça

Adriano Fernandes
A primeira largada de Rafael será ao meio dia desta quinta. Ao final da tarde de amanhã, será a largada do nível Master. (Foto: O Pantaneiro) A primeira largada de Rafael será ao meio dia desta quinta. Ao final da tarde de amanhã, será a largada do nível Master. (Foto: O Pantaneiro)

O atleta aquidauanense Rafael Girotto, de 27 anos, integra a delegação brasileira no Campeonato Mundial de Canoagem que começou, nesta quarta –feira (30), na cidade de Muotathal, na Suíça. A largada oficial das disputas começam amanhã (30), mas á véspera já foi de preparo para aguentar as baixas temperaturas nos Alpes Suiços, como conta o jovem.

“Amanhã começa a competição com uma prova clássica, que é de 4,5 km. A maior dificuldade que temos enfrentado até o momento é a temperatura da água, que gira em torno de 1,5º a 2º Celsius, muito gelada”, explica. Além de Girotto, também integra a equipe brasileira os canoístas Gustavo Moreno Fuigueiró, Juliano Darlan Molin e Marcos Zanghelini, que competem nas categorias K1 Masculino e K1 Masculino por Equipes.

O evento reunirá mais de 100 atletas de 30 países que disputarão as categorias de Descida Clássica, Descida Sprint e Caiaque-Cross. Ao site O Pantaneiro, o esportista ainda ressaltou que pela cidade se localizar em um dos pontos mais altos do país, o gelo que descongela dos picos e desce para o rio, diminuindo a temperatura ainda mais.

“Estamos sentindo um pouco de dificuldade em relação a isso, na adaptação com a água. Ainda pesa a dificuldade do rio que exige muita técnica, considerado classe 4 de dificuldade, onde 0 é o mais fácil e 5 é o mais difícil”, avaliou. A primeira largada do canoísta será ao meio dia desta quinta. Ao final da tarde de amanhã, será a largada do nível Master.

Estão previstas as provas para os atletas na categoria Sênior, com Rafael Girotto de MS e Juliano, que é do Paraná. “Nossa equipe está bem focada e o pessoal está treinando bastante. Hoje fizemos um treino pela manhã e daqui a pouco vamos fazer outro treino à tarde. Depois disso é recuperar, descansar para a primeira prova de amanhã”, disse Rafael.

No total, a competição reúne cerca de 200 esportistas de 35 países. Só na categoria do aquidauanense, há 72 atletas inscritos de diversas localidades do mundo.

imagem transparente