25/05/2013 07:30

Cabelos compridos também depois dos quarenta? É claro que pode

Anny Malagolini
Aos 55 anos, a advogada Ercy Delgado Dias está com o cabelo em fase de crescimento. (Foto: João Garrigó)Aos 55 anos, a advogada Ercy Delgado Dias está com o cabelo em fase de crescimento. (Foto: João Garrigó)

Os 40 anos da mulheres quase sempre vinham acompanhados de fios mais curtos, mas essa é uma estética que vem ficando cada vez mais ultrapassada e, a maturidade também pode ter cabelos compridos e “franjões”.

Para o cabeleireiro Jorge Kehl, a mulher de hoje, com mais de 40 anos não só pode como deve usar as “madeixas” longas, sem receio nenhum. Segundo ele, o comprimento mais longo ainda é sinônimo de feminilidade e, aconselha: “Cabelo curto, só pra quem tem mais de 70”.

Uma opção infalível é o tradicional “Chanel”. O corte acima dos ombros com as pontas desfiadas e com franja dá suavidade ao rosto sem ficar com a impressão de querer parecer mais nova.

Mas ele acrescenta que, independente da moda, o que vale é a personalidade de cada mulher. “Depende. Tem mulheres que combinam com o cabelo comprido, outras não, e também a profissão se faz importante nessas horas para a escolha do comprimento”.

Jorge conta que no salão é comum os maridos acompanharem as esposas e soltarem a frase: “Mulher minha não usa cabelo curto”. Para ele, a psicologia explica essa admiração masculina por cabelos longos, “Durante o período de amamentação, quando as mães têm os cabelos compridos, o homem se lembra e vê na esposa um espelho dessa fase”, explica.

O cabeleireiro também conta que o número de clientes com os fios mais longos aumentou e, ele vê isso como uma preferência regional. “Aqui as mulheres ao invés de cortar, investem em tinturas e tratamentos químicos, diferente do exterior”.

A empresária Jeanine Nazer Latif, de 46 anos, diz aos filhos que ao chegar aos 40 anos cortaria os fios e, usaria um corte mais curto, mas teve que mudar os planos. “Ao fazer 40 anos percebi que estava na melhor fase da minha vida”. A vontade de cortar o cabelo passou, mesmo dizendo que acha legal. Para manter os cabelos bonitos ela não dispensa hidratação e os inevitáveis fios brancos são retocados a cada 15 dias.

Aos 55 anos, a advogada Ercy Delgado Dias está com o cabelo em fase de crescimento. Com os fios na altura dos ombros e, em tom vermelho, ela desmitifica a ideia de que depois dos 40 mulher tem que usar cabelos curtos, “A palavra de hoje é liberdade e, a mulher tem que usar o cabelo como ela se sente bem, seja longo ou curto”, avalia.

Ecy prefere a tintura .(Foto: João Garrigó)Ecy prefere a tintura .(Foto: João Garrigó)
imagem transparente