29/12/2018 08:12

No lugar de champanhe, garrafa tem cerveja e até chá para brinde de Ano Novo

Novo estilo de cerveja com mais carbonatação e chá probiótico são engarrafados como champanhe, com direito á rolha e glamour de Réveillon.

Tatiana Marin
Cervejas carbonadas, rolhadas e chás probióticos gaseificados ganham roupagem de champanhe e são opções de brindes no Ano Novo. (Foto: Henrique Kawaminami)Cervejas carbonadas, rolhadas e chás probióticos gaseificados ganham roupagem de champanhe e são opções de brindes no Ano Novo. (Foto: Henrique Kawaminami)

Réveillon é momento de brindar a chegada do Ano Novo, mas o “tintim” não precisa ser a base do tradicional champanhe. Além dos clássicos espumantes, outras opções foram parar na garrafa robusta, com rolha, o que garante o efeito da explosão de Réveillon, mas com outros sabores, novos estilos cervejas e até uma bebida probiótica, que é uma opção para a galera de alimentação mais natural.

As cervejas Brut IPA são de um novo estilo e já estão na moda, explica a proprietária da franquia Mestre Cervejeiro em Campo Grande, Cláudia Lacerda Faria. “São mais lupuladas, fortes e amargas. Elas têm um amargor que não é a característica do champagne, mas tem a carbonatação elevada, o que faz as bolhas”, explica. A maioria das cervejas Brut IPA foram vendidas no Natal, conta ela. “Foi surpreendente”, enfatiza, apesar do do preço de R$ 56,70.

Cerveja do estilo Brut IPA foi bastante procurada no Natal. (Foto: Henrique Kawaminani)Cerveja do estilo Brut IPA foi bastante procurada no Natal. (Foto: Henrique Kawaminani)

Há ainda as cervejas rolhadas. As garrafas remetem à bebida de origem francesa. São opções de cervejas belgas engarrafadas com rolhas, uma delas produzida por monges. mas o valor também sobe bastante e ultrapassa os espumantes tradicionais. Cada garrafa custa em média R$ 120,00.

Ainda entre as cervejas, há as fruit beers, que são bebidas frutadas e lembram os frisantes. Claro que frisante não é igual a espumante, e muito menos champanhe, mas é mais uma alternativa para quem procura algo diferente. Entretanto, elas não são rolhadas e custam cerca de R$ 45,00.

Kombucha faz espuma como champanhe e não é alcoólico. (Foto: Henrique Kawaminami)Kombucha faz espuma como champanhe e não é alcoólico. (Foto: Henrique Kawaminami)

Tem até versão de champanhe com kombucha, em garrafa especial. “Ela faz espuma como o champanhe, por isso é engarrafada assim”, explica Caren Morais, vendedora da Empório Equilíbrio. A kombucha, uma colônia de microorganismos, é conhecida popularmente por produzir uma bebida probiótica a partir de chás. Segundo Caren, o produto foi muito procurado no Natal, principalmente por aqueles que se abstêm do álcool. A garrafa é vendida a R$ 52,90.

Mas se você não abre mão do tradicional, acessíveis e também com grande qualidade, os espumantes são a recomendação do bartender Fernando Lírio. Segundo ele, os nacionais vêm ganhando conceito no setor. “O Brasil é um dos grandes produtores e os espumantes brasileiros estão em alta”, afirma.

Os espumantes podem ser encontrados em supermercados a partir de cerca de R$ 20,00. Mas quem prefere o original champanhe francês, precisará desembolsar, no mínimo, de R$ 40,00 a R$ 50,00. Fernando aponta ainda que a tendência são os espumantes com cores. “Vão ganhar força em 2019 e têm um sabor incrível”, destaca, mas ainda são difíceis de encontrar em Campo Grande.

imagem transparente