20/12/2013 07:30

Entidade pensa alto e tenta convencer O Rappa a fazer show de graça em MS

Anny Malagolini
Banda O Rappa. Banda "O Rappa".

Para arrecadar fundos para a ONG “Fraternidade Sem Fronteiras", o presidente Wagner Moura, de 40 anos, jogou alto e lançou campanha para trazer uma das principais bandas da cena nacional a Campo Grande, com um detalhe: de graça.

Ele criou no Facebook a página “O Rappa, vem em Campo Grande” e em pouco tempo conseguiu centenas de fãs defendendo a ideia.

Wagner explica que a intenção é fazer um show que renda dinheiro para patrocinar os projetos da ONG, que ajuda crianças órfãs da África. A entidade quer montar o maior grupo musical infanto juvenil em Moçambique, com fábrica de instrumentos, aulas de percussão, aulas de danças típicas africanas e canto nativo.

Como o anúncio não explica, o que dá a entender é que a banda já tem data marcada para se apresentar na Capital, por isso virou quase uma "pegadinha", o que aumentou a repercussão.

A ONG ainda não fez um pedido oficial ao grupo, apenas pelo Facebook. Wagner lembra que o primeiro contato que fez em relação á proposta foi com a marca de Falcão. Agora o pedido  é público pelo Facebook. "Sei que vai chegar até eles", comenta. 

A intenção é “sensibilizar” os artistas com a ideia e mesmo, sabendo que é difícil, Wagner se diz confiante: “Tenho esperança, porque eles tem muito carinho e respeito pela África”.

Ele também explica que escolheram “O Rappa” porque o vocalista da banda, Falcão, tem a “Jonnysize”, projeto que apadrinha ações sociais. “Eles se identificam com a causa”, justifica. Além disso, no dia da criança africana, eles divulgaram a ONG e fizeram um show para 10 mil pessoas.

Enquanto a banda não responde, Wagner se adianta e já procura até produtores de eventos de Campo Grande. "Já conseguiu a estrutura para o show", garante.

O Lado B procurou a produção da Banda e também não recebeu resposta

Clique aqui e acesse a página da campanha no Facebook.

imagem transparente