17/12/2017 15:14

Zeca Camargo esquece lentes de contato e fala de experiência inédita em Bonito

Ângela Kempfer
Esse atrás do peixe sou eu - eu juro”, postou Zeca no Instagram."Esse atrás do peixe sou eu - eu juro”, postou Zeca no Instagram.

Na semana passada o apresentador Zeca Camargo teve dupla experiência e em doses inéditas na sua vasta rotina de viajante. Além de pisar em Bonito pela primeira vez, também encarou o roteiro sem as lentes de contato. 

"Ainda meio atordoado de sono, levei uns 15 minutos para perceber que a paisagem lá fora carecia de contornos: eu havia esquecido de colocar minhas lentes de contato. Eu mesmo não podia crer na minha estupidez. Este é um evento raro: minha miopia acentuada não permite que eu veja o mundo com nitidez", descreveu em texto do blog que mantém na Folha de São Paulo.

Apresentador comentou sobre sabores que conheceu por aqui, de frutas que nunca havia experimentado.Apresentador comentou sobre sabores que conheceu por aqui, de frutas que nunca havia experimentado.
“Desde criança eu tenho uma curiosidade com cavernas... Esta onde tirei esta foto é a gruta São Mateus e foi sensacional”, postou Zeca no Instagram @zecacamargomundo.“Desde criança eu tenho uma curiosidade com cavernas... Esta onde tirei esta foto é a gruta São Mateus e foi sensacional”, postou Zeca no Instagram @zecacamargomundo.

Mesmo com 8 graus de miopia, ele diz ter curtido tudo que um turista costuma fazer no município, mas com a visão turva, de paisagem apresentada como em um quadro impressionista.

“É possível aproveitar o passeio mesmo assim? Claro que é...De certa maneira, foi até interessante conhecer Bonito desta maneira - digamos, uma nova experiência eheh! Aproveitei tudo de outra maneira, trabalhei outros sentidos - inclusive o tato, uma vez que eu sentia, durante a flutuação no rio, os pingos grossos da chuva caindo nas minhas costas", postou ele no Instagram.

Na avaliação de Zeca, o episódio também serviu de lição para a vida. “Tudo parecia jogar contra - era pra eu ter reclamado e desistido. Mas a natureza em Bonito fala mais alto e no final você não consegue resistir ao convite de explorá-la. Mesmo com todos os obstáculos, este é um lugar especial”, comentou.

O apresentador não economizou nos posts das redes sociais, nem nos elogios aos guias e população de Bonito.

“E que lugar inacreditável... Tenho que escolher os adjetivos com cuidado, porque não quero cometer nenhum pleonasmo - nem cair na tentação de um trocadilho menos engraçado com o nome deste lugar... Antes de mais nada, tem a simpatia dessa gente do Mato Grosso do Sul, terra que conheço bem antes de o estado ser dividido (sim, fui lá criança quando ainda tudo era só Mato Grosso) - e por isso talvez tenha me sentido em casa.”

No Instagram @zecacamargomundo, ele pareceu muito entusiasmado também com os sorvetes de sabores regionais.

"Entrei numa sorveteria, por exemplo, e mal sabia o que escolher... Guavira (que é tão doce quanto a jabuticaba)? Jaracatiá? A estranheza do araticum? Pode ser que você esteja lendo essas palavras pela primeira vez - como eu li então! Mas estas são frutas daqui e que são consumidas no dia-a-dia - uma delícia, cada uma delas (fiquei especialmente seduzido pelo araticum).”

Curta o Lado B no Instagram e Facebook

Zeca Camargo esquece lentes de contato e fala de experiência inédita em Bonito
imagem transparente