03/04/2013 07:46

Giroto deixa vaga na Câmara para Akira e assume Secretaria de Obras

Edivaldo Bitencourt
André nomeia Giroto para comandar Obras (Foto: Arquivo)André nomeia Giroto para comandar Obras (Foto: Arquivo)

O deputado federal Edson Giroto (PMDB) volta ao comando da Secretaria Estadual de Obras e abre a vaga para o suplente, Akira Otsubo (PMDB), na Câmara dos Deputados. A mudança também atinge a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), que passa a ser comanda pela ex-secretária estadual adjunta de Obras, Maria Wilma Casanova Rosa.

É o início da reforma no primeiro escalão promovida pelo governador André Puccinelli (PMDB), que terá a nomeação do vereador Herculano Borges (PSC) para asssumir a Secretaria Estadual da Juventude.

Nesta quarta-feira, o governador exonerou do cargo de secretário estadual de Obras, Wilson Cabral Tavares. Ele também deixa o cargo de diretor-presidente da Agesul. Ele já havia manifestado o interesse em deixar a pasta no início do atual mandato de Puccinelli, mas acatou pedido do governador para continuar no comando da pasta. Mas Cabral continua como secretário-adjunto, conforme decreto publicado hoje no Diário Oficial do Estado.

Giroto já foi secretário estadual de Obras Públicas e ocupou o mesmo cargo nos dois mandatos de Puccinelli na Prefeitura de Campo Grande e no primeiro mandato de Nelson Trad Filho. Ele foi o deputado federal mais votado nas eleições de 2010, quando obteve 147 mil votos.

A vaga fica para o suplente, o deputado federal Akira Otsubo (PMDB), que obteve 49,5 mil votos. Ele foi deputado estadual e candidato a prefeito nas eleições do ano passado em Bataguassu.

Mudanças – A outra mudança foi o remanejamento de Maria Wilma de adjunta da Secretaria de Obras para a presidência da Agesul.

A próxima mudança será a nomeação do ex-prefeito de Campo Grande para ocupar a Secretaria de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios e da vice-governadora Simone Tebet para o cargo de secretária da Casa Civil.

imagem transparente