A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/09/2017 06:00

Prefeitura não questiona decisão sobre escultura

Marta Ferreira


Não quer prolongar - A Prefeitura de Campo Grande não vai recorrer da decisão que impede a instalação da estátua do poeta Manoel de Barros no canteiro central da Avenida Afonso Pena. O prefeito Marquinhos Trad (PSD) avalia que uma briga judicial pode alongar ainda mais o impasse.

Repensando – Marquinhos, depois da confusão formada, agora acha melhor que o lugar não seja o canteiro da avenida, por questão de segurança no trânsito. Há o risco, avalia, de algum motorista distraído bater o carro ao admirar o monumento ao poeta.

Todos querem – Com a indefinição do lugar, o que não falta é gente querendo levar Manoel para casa ou, pelo menos, para o bairro onde vive. Nas redes sociais, tem morador de todas as regiões da cidade pedindo que a obra seja instalada no espaço de lazer do bairro.

Defesa – O prefeito sugere o calçadão da Barão, em frente ao Bar do Zé. O prefeito argumenta mesmo se um dia o lugar virar só comércio de móveis e roupas, não deixará de ser bonito. Ele cita que a área também será revitalizada com o Reviva Centro.

Tô aqui ! - O deputado Rinaldo Modesto (PSDB) ao fazer a contagem de votos na Assembleia na sessão de ontem, disse que o colega, João Grandão (PT), estava com ausência momentânea do plenário. O petista, rapidamente, corrigiu o colega, dizendo que estava no lugar.

‘Cegueta’ – João Grandão ainda aproveitou para ‘trolar’ o colega. Brincou que mesmo sendo o mais alto dos deputados, o tucano não o notou. "Como não me viu com toda esta altura".

Clima pesou – Mas nem tudo foi bom humor na sessão. Os deputados Pedro Kemp (PT) e Onevan de Matos (PSDB) trocaram farpas durante. O petista reclamou que a sessão não estava começando no horário, que é 9h, e que Onevan como vice-presidente, deveria começar os trabalhos na hora, caso o presidente, Junior Mochi (PMDB), não estivesse presente.

Cadê os colegas ? - O tucano retrucou dizendo que não fez a abertura às 9h, porque não haveria quórum suficiente. Ainda citou que o próprio petista não está neste horário na Casa.

Candidatos - Os deputados tucanos Beto Pereira, Mara Caseiro e Rinaldo Modesto, disseram que estão à disposição do partido para a eleição estadual da legenda, que deve ser marcada para os próximos meses. Os três admitiram que estão interessados em assumir a presidência regional do PSDB, que hoje está com o secretário estadual de Fazenda, Márcio Monteiro.

“Laranja podre” – Um dia após o ex-investigador Brenno da Silva Medeiros, 41 anos, ser demitido oficialmente sob a acusação de ter desviado peças de carros apreendidos em uma delegacia da Capital, o corregedor-geral, Matusalém Sotolani, opinou. “Temos de primar por retirar o quadro os maus policiais, a Corregedoria trabalha neste sentido”.

(Com Leonardo Rocha, Anahi Zurutuza e Mayara Bueno)

MS puxa fila da reforma da previdência
À frente – Mato Grosso do Sul está entre os estados que, diante do impasse da reforma da previdência do Governo Federal, está se antecipando. O Distr...
Ânimo com Odilon diminui no PDT
Freio na empolgação – Anunciando como a esperança do PDT para tentar chegar ao comando do Parque dos Poderes, o juiz Odilon de Oliveira já não é tão ...
Futuro de Marun define também o de Fabio Trad
À espera – Uma eventual ida do deputado federal Carlos Marun mexe diretamente com a vida do advogado Fabio Trad, que ficou de fora da Câmara Federal ...
Após semana ‘federal’, vida que segue
Vida que segue – Em liberdade desde quarta-feira (15), após passar um dia e meio na cadeia, o advogado e professor da UFMS, André Puccinelli Júnior, ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions