A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

27/11/2018 12:00

Em exibição gratuita, filmes mostram parte da história e luta da população negra

Programação faz parte da 1ª Semana "Isso é coisa de preta", realizada pelo Conselho Regional de Psicologia para debates e reflexões sobre o mês da Consciência Negra.

Thailla Torres
Filme sobre Martin Luther King expõe a dura realidade dos negros nos Estados Unidos e a luta pelo fim dos processos eleitorais discriminatórios.Filme sobre Martin Luther King expõe a dura realidade dos negros nos Estados Unidos e a luta pelo fim dos processos eleitorais discriminatórios.

Uma série de filmes em referência a luta e a história da população negra no Brasil e no mundo, serão exibidos ao longo desta semana no MIS (Museu da Imagem e do Som). A programação começou ontem e termina no dia 30 de novembro. As entradas são gratuitas.

Além da mostra de filmes "Cine Negro", haverá palestras, exposições e debates. O evento "Isso É Coisa de Preta", para lembrar o o mês da Consciência Negra, é realizado pelo Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul, por meio do Núcleo de Psicologia Étnico Racial.

Os filmes serão exibidos sempre às 19h, seguidos de debate com convidados especiais. As inscrições para participar da semana podem ser feitas no site do conselho, clique aqui.

O MIS fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, Centro.

Veja a programação:

Dia 27 de novembro

Selma (2h8min)

A história da luta de Martin Luther King Jr. para garantir o direito de voto dos afrodescendentes - uma campanha perigosa e aterrorizante que culminou na marcha épica de Selma a Montgomery, Alabama, e que estimulou a opinião pública norte-americana e convenceu o presidente Johnson a implementar a Lei dos Direitos de Voto em 1965. Em 2015 é comemorado o 50o. aniversário deste momento crucial no Movimento dos Direitos Civis.

Dia 28 de novembro

Cafundó (1h32min)

Cafundó é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século XIX. Um tropeiro, ex-escravo, deslumbrado com o mundo em transformação e desesperado para viver nele. Este choque leva-o ao fundo do poço. Derrotado, ele se abandona nos braços da inspiração, alucina-se, ilumina-se, é capaz de ver Deus. Uma visão em que se misturam a magia de suas raízes negras com a glória da civilização judaico-cristã. Sua missão é ajudar o próximo. Ele se crê capaz de curar, e acaba curando. O triunfo da loucura da fé. Sua morte, nos anos 40, transforma-o numa das lendas que formou a alma brasileira e, até hoje, nas lojas de produtos religiosos, encontramos sua imagem, O Preto Velho João de Camargo.

Dia 29 de novembro

Kiriku e a Feiticeira (1h11min)

Ao saber que a vila onde mora na África está sendo ameaçada por um ser maligno, uma criança pequena e seu tio guerreiro decidem lutar contra a força do mal. Na batalha para salvar a vila eles encontram novos amigos e enfrentam muitos inimigos.

Dia 30 de novembro

Em exibição gratuita, filmes mostram parte da história e luta da população negra

Como Ser Racista em 10 passos (13min.35seg)

Como Ser Racista em 10 passos é um curta provocativo. Traz à tona e confronta o racismo estrutural velado, através de situações sensíveis, normalizadas e naturalizadas que serão facilmente identificadas pelo público. O filme mostra a realidade cotidiana de pessoas negras comumente afetadas pelo racismo enraizado, por atitudes que vão além do verbalmente dito. O racismo é real e precisa ser discutido



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.