A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Maio de 2019

22/04/2019 18:20

Sem acordo entre Rose e Beto Pereira, Sérgio de Paula assume PSDB

Eleição que contará com chapa única está marcada para 4 de maio, entre 8h e 11h, na sede do partido, na Capital.

Gabriel Neris e Humberto Marques
Líderes do PSDB durante coletiva no fim da tarde de hoje (Foto: Humberto Marques)Líderes do PSDB durante coletiva no fim da tarde de hoje (Foto: Humberto Marques)

O secretário especial de Articulação Política, Sérgio de Paula, foi oficializado no fim da tarde desta segunda-feira (22) como candidato único na disputa pelo comando do diretório regional do PSDB. Ele era o principal nome caso não houvesse consenso entre os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira, que também postulavam o cargo.

A eleição está marcada para 4 de maio, das 8h às 11h, na sede do partido, na Capital.

O anúncio foi oficializado com Sérgio de Paula ao lado de Rose e de Beto Pereira. Pela manhã, houve uma reunião com o governador Reinaldo Azambuja. O partido e o chefe do Executivo estadual entendem que a melhor alternativa é ter chapa única para evitar disputas internas, o que poderia prejudicar o partido às vésperas das eleições municipais de 2020. O combinado era que, caso não houvesse consenso entre os parlamentares, o partido optasse por uma terceira via.

Após o anúncio, Sérgio de Paula disse que só responderá pelo partido a partir do dia 5, mas deixou claro algumas intenções dos tucanos para os próximos meses, como aumentar o número de prefeitos eleitos em 2020 e atingir um maior número de filiados.

Um dos questionamentos foi o compromisso que o governador assumiu em relação à reeleição do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). “Vou respeitar a palavra do governador”, disse. Reinaldo e outras lideranças tucanas já apontaram a intenção de caminhar com o atual prefeito no ano que vem, como meio de retribuir o apoio prestado em 2018, quando o tucano se reelegeu.

Beto Pereira disse preferir deixar o pleito na Capital para um segundo momento. “Há um gesto do governador em resposta ao apoio que recebeu do Marquinhos. Agora, cabe ao partido avaliar o melhor projeto para Campo Grande e saber o que a população pensa”, pontuou o deputado.

Já Rose, que ainda tem esperança de disputar o cargo, mostrou certo descontentamento com a possibilidade de o PSDB não ter candidato na Capital, principalmente pelo fato de ter disputado a eleição passada –sendo derrotada pelo próprio Marquinhos, como ela lembrou, após obter 42% dos votos válidos no segundo turno.

“O governador e o prefeito têm um entendimento, mas ele não chegou oficialmente ao partido. Eu vou seguir com meu nome à disposição, mas vamos seguir o sentimento das pessoas”, declarou Rose, que, embora tenha considerado não ser este o momento de tratar do tema e de que pretende focar no mandato de deputada federal, defendeu a realização de pesquisas a fim de que seja apontado o melhor rumo para o partido.

Composição – De Paula, a todo o instante, fez menções à disposição de Rose e Beto caminharem por um entendimento evitando a disputa interna –tema de um encontro entre os três na semana passada, em Brasília.

Ele ainda disse que os dois parlamentares terão participação garantida na futura Executiva estadual tucana, que deve contar, ainda, com nomes como o deputado estadual Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa e que é cotado para a primeira vice-presidência, e do prefeito de Bataguassu e presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, Pedro Caravina. O futuro presidente tucano revelou a disposição de contar com todos os deputados federais e estaduais do PSDB na direção da legenda.

Sobre 2020, De Paula reiterou a disposição de fazer do PSDB o partido com o maior número de filiados do Estado, elevando o número de prefeitos (hoje em 39) e de vereadores (cerca de 160). Em relação à Capital, defendeu o uso de pesquisas qualitativas e quantitativas, porém, também assertiu que “se o governador deu sua palavra (de apoiar Marquinhos), ele vai honrar a palavra. Vou respeitar a decisão dele porque temos fidelidade”, complementou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions