A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/03/2008 13:57

Agricultura defende 4 pontos para renegociação de dívida

Redação

Deputados da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara se reuniram hoje com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, para apresentar quatro pontos defendidos por eles na renegociação da dívida agrícola.
A dívida é de quase R$ 90 bilhões. Os pontos defendidos pelos parlamentares são a redução da taxa de juros de 6,75%, praticada no ano passado, para 4%; o alongamento do prazo para pagamento até 2025, já que R$ 40 bilhões vencem nos próximos quatro anos; o comprometimento da receita de até 5% da produção bruta para pagamento da dívida; e prazo de carência de um ano entre a renegociação e o início do pagamento, já que não há prazo de carência na proposta do governo.

Para o presidente da Comissão, deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS), o alongamento do prazo para pagamento da dívida é importante porque permite que o produtor se recapitalize. Agora à tarde, os parlamentares se reúnem com técnicos do Ministério da Fazenda para apresentar o documento que já foi discutido no Ministério da Agricultura.

Durante a reunião no Ministério da Agricultura, o governo anunciou para os deputados que o Conselho Monetário Nacional () aprovaria, nesta manhã, a extensão do prazo para pagamento das dívidas vencidas em dezembro 2007.

Atualmente, o prazo para pagamento dessas dívidas vence no próximo dia 31 de março. Se o conselho aprovar a extensão, o novo prazo para pagamento será 30 de junho, ou seja, mais três meses. A reunião do CMN, realizada nesta manhã, foi encerrada, mas essa decisão não foi anunciada.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions