A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/04/2013 19:12

Apesar de clima, safra de cana deve crescer de 18,3% este ano no Estado

Nícholas Vasconcelos e Luciana Brazil
Estado tem 24 usinas de açúcar e etanol em atividade. (Foto: João Garrigó)Estado tem 24 usinas de açúcar e etanol em atividade. (Foto: João Garrigó)

Apesar da falta de chuvas entre o fim de 2012 e o início deste ano, Mato Grosso do Sul deve colher um total de 44,1 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2013/2014. O valor é 18,3% maior na comparação com a safra passada, que foi de 37,29 milhões toneladas, e foi divulgado hoje pelo presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de Mato Grosso do Sul), Roberto Hollanda Filho.

Ele explica que a produtividade no Estado atualmente é de 70,4 toneladas de cana por hectare, o que é considerado baixo já que a média é de 85 toneladas. E esse valor já atingido em MS anteriormente, como na safra 2009/2010, quando a média chegou a 87,8 toneladas.

“Estamos com a qualidade abaixo da media por causa do clima nos últimos quatro anos, continuamos crescendo, mas os números são baixos”, afirmou Hollanda.

De acordo com o presidente da entidade, os meses de novembro, dezembro e janeiro são decisivos para a definição de uma boa safra de cana. No entanto, o ano passado registrou índice de precipitação abaixo do esperado.

 

Área plantada de cana-de-açúcar deve passar a 738 mil hectares. (Foto: João Garrigó)Área plantada de cana-de-açúcar deve passar a 738 mil hectares. (Foto: João Garrigó)

A expectativa da Biosul é de que a área cultivada deve crescer em 15%, atingindo 738 mil hectares no Estado. A área plantada vai passar de 542,8 mil hectares para 626,5 mil ha, um aumento de 15,4% em relação a safra anterior. Nova Andradina, Dourados, Iguatemi e Cassilândia lideram a produção estadual.

Nesta safra, a produção de etanol deve atingir os 2,35 bilhões de litros, o que representa um avanço de 22,8% em relação a produção passada, quando foram produzidos 1,91 bilhões de litros.

O levantamento mostra que do total produzido no Estado, 2,19 milhões de toneladas devem ser de açúcar, o que é um avanço de 26,1% na comparação com a safra passada.

Das 24 usinas em operação, 13 vão produzir açúcar e etanol neste ano e 11 somente etanol.

Hollanda destacou que o setor da cana-de-açúcar gera 30,5 mil empregos diretos e outros 90 mil indiretos em MS, dos quais 80% são fixos.

Eletricidade – Na safra 2012/2013, MS aumentou a exportação de energia elétrica em 17%, com um total de 1.292 GWh (Giga Watts hora). A previsão é de que esse valor tenha uma elevação de 27% nesta safra, 1.682 Gwh que serão repassados para o sistema elétrico nacional.



ESSE E NOSSO MATO-GROSSO DO SUL.
 
meridiana martins de moraes em 12/04/2013 08:05:20
Estamos batendo recordes de produção mas o preço do etanol não se parece em nada com os outros estados produtores como SP e PR, por exemplo.
 
Mathias Hanns em 04/04/2013 10:23:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions