A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/02/2016 20:54

Assentados do MS devem receber titulação de terras até o mês de abril

Nyelder Rodrigues
Senador se reuniu com presidente do Incra em Brasília nessa quarta-feira (Foto: divulgação)Senador se reuniu com presidente do Incra em Brasília nessa quarta-feira (Foto: divulgação)

Mato Grosso do Sul será o primeiro Estado do país em que assentados da reforma agrária irão receber os títulos de posse das áreas. A garantia disso foi dada hoje (24) pela presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Maria Lúcia Falcón, ao senador sul-mato-grossense Waldemir Moka (PMDB).

Os dois participaram de audiência, em Brasília (DF), e a expectativa é que os títulos sejam entregues até abril desse ano. Durante o encontro, Moka também encaminhou uma série de reivindicações que beneficiam assentados em Mato Grosso do Sul, como a liberação de recursos para compra de equipamentos agrários.

“O primeiro Estado a receber o benefício será o Mato Grosso do Sul, e quero adiantar que espero contar com a presença de toda a bancada federal sul-mato-grossense na entrega dos títulos aos assentados”, adiantou a presidente do Incra.

Solução - Para o senador Moka, que coordena a bancada federal do Mato Grosso do Sul, as informações dadas por Falcón são esclarecedoras. “Vão deixar aqueles que necessitam da titulação esperançosos de que a pendência seja efetivamente resolvida”, disse o parlamentar.

Segundo Maria Lúcia Falcón, o decreto que regulamenta o artigo 10 da lei 13.001 já está pronto e será encaminhado na próxima semana a presidente Dilma Rousseff para a devida promulgação. “Agora, a solução está mais perto”, comemorou.

Ainda durante a audiência, Moka passou a presidente do Incra nomes de técnicos de seu gabinete, no Senado Federal, especialistas na questão, para que pudessem acompanhar os procedimentos sobre o tema.



Até que enfim, tem assentados esperando o titulo de propriedade de suas posses a 10/15 anos, ou mais, sem contar que mais da metade os assentados originalmente já se desfizeram de suas posses através de vendas em contratos de gaveta ou permutas.
 
juvenul em 25/02/2016 10:01:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions