A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

20/04/2016 09:17

Atraso do plantio reduz produção do milho safrinha de MS em 1 tonelada

Renata Volpe Haddad
Chuvas constantes e redução de área plantada reduz projeção de produção de milho em MS. (Foto: Famasul)Chuvas constantes e redução de área plantada reduz projeção de produção de milho em MS. (Foto: Famasul)

Devido as chuvas que atrasaram a colheita da soja e consequentemente o plantio do milho, houve redução de área plantada, diminuindo a projeção da produção do grãos para 8,5 milhões de toneladas, 10% menor do que a estimativa inicial de 9,5 milhões, anunciada pela Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul).

Com base em dados levantados em campo pelos técnicos do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), a produtividade média era de 88,3 sacas por hectare, passando para 82 sacas por hectare. 

Segundo o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto, a redução na estimativa se deve às condições climáticas registradas do plantio até este momento.

“Esse é um reflexo do excesso de chuvas na colheita de soja, o que impactou o plantio do milho. Agora, conforme os últimos levantamentos, além do atraso no plantio desse grão, tivemos áreas que nem sequer foram plantadas e algumas que, logo após plantadas, sofreram inundações”, afirma.

Segundo Bortolotto, nos últimos 30 dias, a ocorrência de chuvas isoladas causaram ausência de precipitações em várias áreas, comprometendo assim a produtividade do milho.

“A 2ª safra do ciclo passado 2014/2015, foi excepcional, perfeita em relação ao clima, o que gerou excelente resultado de produção. No entanto, essa 2ª safra 2015/2016 não está com condições climáticas tão favoráveis para esse período do ano. Agora, esperamos que as chuvas voltem para diminuir esse impacto negativo”, alega.

Conforme a Aprosoja, 59 mil hectares de milho safrinha não foram plantados e 1,740 milhão de hectares foram consolidados. (Foto: Famasul)Conforme a Aprosoja, 59 mil hectares de milho safrinha não foram plantados e 1,740 milhão de hectares foram consolidados. (Foto: Famasul)

Redução de área – Segundo a Aprosoja, 59 mil hectares de milho safrinha não foram plantados. Até a semana passada havia projeção de plantio em área de 1,799 milhão de hectares, entretanto, esse número não se confirmou, consolidando-se área plantada de 1,740 milhão de hectares, o que resultou em acréscimo de apenas 0,6% na área total.

Apesar dessa ampliação na área plantada, a projeção é que, no comparativo com o ciclo anterior, haja redução de 7,13% na produtividade, o que leva a uma queda de 6,6% na produção total de milho nesta 2ª safra em Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions