A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/03/2016 12:42

Atraso em colheita diminui qualidade da soja e prejudica plantio do milho

Renata Volpe Haddad
Falta colher mais de 40% das lavouras de soja e grão fica sem qualidade devido a umidade. (Foto: Eliel Oliveira)Falta colher mais de 40% das lavouras de soja e grão fica sem qualidade devido a umidade. (Foto: Eliel Oliveira)

Ainda falta 42% das lavouras de soja para serem colhidas em Mato Grosso do Sul. As chuvas constantes prejudicam a colheita e o grão está mofado devido a umidade alta. Com isso, a produtividade cai e o produtor tem desconto na hora de negociar, ou seja, perde dinheiro.

Na safra 2014/2015, neste mesmo período, o Estado já havia colhido 75% das lavouras. Este ano, segundo dados do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) a colheita chega a 58%.

Outro problema é o atraso no plantio do milho safrinha, já que o recomendado aos produtores é que o grão seja semeado até 15 de março. Mato Grosso do Sul tem até o momento 46% das lavouras com o milho plantado e na safra passada, neste mesmo período, era 63%.

De acordo com o analista de grãos do sistema Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária), Leonardo Carlotto, nos últimos 15 dias, os produtores tiveram muitos descontos na soja. "Isso porque o grão está mofado devido a umidade e o produtor que colheu 50 sacas por hectare, teve desconto em 45 sacas", avalia.

Para o analista, agora o que falta ser colhido pode não ter tanta qualidade. "O Estado pode ter uma redução de produtividade de uma ou duas sacas, em uma média estadual", informa.

Na safra 2014/2015, colheita de soja neste período estava 75% concluída. Nesta safra, produtores de MS colheram 58% das lavouras. (Foto: Eliel Oliveira)Na safra 2014/2015, colheita de soja neste período estava 75% concluída. Nesta safra, produtores de MS colheram 58% das lavouras. (Foto: Eliel Oliveira)

Em relação ao milho safrinha, o plantio em Mato Grosso do Sul está em 45,9% das lavouras, sendo que na safra anterior, neste mesmo período, o plantio chegava a 63%.

"O recomendado é plantar até 15 de março, porque depois a produtividade do milho pode baixar, já que há mais risco de geadas e menos chuva e acredito que o atraso no plantio seja de 15 dias", informa.

O plantio do grão na região Sul chega a 47,6%, no Centro está em 35% e na região Norte do Estado chega a 35%.

A comercialização da soja chega a 54,5% e conforme a Famasul, o mercado nas últimas semanas está lendo, já que os produtores estão preocupados no momento em colher.

Em relação ao milho safrinha, 29% dos grãos já foram comercializados no Estado.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions