A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/11/2008 10:32

Aumenta destinação correta de embalagens de agrotóxico

Redação

Dados do instituto que representa os fabricantes de defensivos agrícolas, o Inpev, mostram que aumentou a destinação ambientalmente correta de embalagens de agrotóxico em Mato Grosso do Sul.

O destino correto, após lavagem, é um posto ou central de recebimento. Após triagem, as embalagens que foram adequadamente lavadas vão para a reciclagem. Cerca de 5% vão para incineração.

De janeiro a outubro, as unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas de Mato Grosso do Sul enviaram para o destino final ambientalmente correto 1,4 mil toneladas de embalagens vazias.

Esse volume representa um crescimento de 9,5% em relação ao mesmo período de 2007 (1,3 mil t). Somente em outubro, as 18 unidades de recebimento do Estado destinaram 159 toneladas de embalagens vazias de fitossanitários, o equivalente a 8% do total processado no país.

Este sistema foi criado em conjunto pela indústria fabricante, produtores rurais, canais de distribuição, cooperativas e poder público, por meio da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal), Seprotur (Secretaria de Estado de Produção e Turismo), Seplanct (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento e da Ciência e Tecnologia) e Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions