A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

16/09/2009 06:30

Aumenta prazo para destruir resto de algodoeiro

Redação

Mais uma vez a Secretaria de Produção e Turismo prorrogou o prazo obrigatório para que os produtores rurais destruam restos de algodoeiros, medida preventiva contra a praga conhecida como bicudo.

Conforme resolução publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, o novo prazo vai até 30 de setembro para os municípios de Água Clara, Alcinópolis, Camapuã, Cassilândia,Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

De acordo com informações da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), neste ano a produção de algodão de Mato Grosso do Sul foi reduzida em 17,7%, totalizando 146,7 mil toneladas, em caroço, conseqüência da redução da área plantada quase que na mesma proporção.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions