A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/07/2012 23:17

Avicultura registra queda de 13,7% no MS no primeiro semestre

Nyelder Rodrigues

A avicultura no Mato Grosso do Sul apresentou queda de 13,7% no primeiro semestre de 2012, com relação ao mesmo período de 2011, quando 61,2 mil toneladas foram vendidos. Neste semestre, foram vendidos 52,9 mil toneledas.

Em relação ao valor negociado, o frango rendeu, no período, US$ 119,7 milhões, um valor quase 23% menor que US$ 154,5 milhões no acumulado do primeiro semestre de 2011. O aumento da produção brasileira e a baixa demanda são apontados como provocadores dessa queda do setor no Estado.

Para Adriana Mascarenhas, economista e assessora técnica da Federação de Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul), a alta da oferta de frango no país fez com que o número de abates no Estado recuasse em 3,5%.

De 72,4 milhões de aves abatidas no semestre passado, o número caiu para 69,9 milhões de animais. Mesmo com a queda nos abates, o peso médio dos animais subiu. Em 2011, o peso médio era de 2,32 kg/ave e hoje está em 2,47 kg/ave. “Isso indica aumento da produtividade no setor”, explica.

Outros fatores têm preocupado os avicultores no Estado. “Tivemos um aumento de 15,7% no custo de produção, ocasionado, principalmente pela alta dos valores do farelo de soja e milho, utilizados na ração dos animais”, aponta Adriana.

Para a economista, a rentabilidade dos produtores no setor pode cair ainda mais em função do aumento na energia elétrica e do custo de mão de obra, que a partir de julho, tem um piso salarial.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions