A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/09/2014 12:41

Bombeiros vistoriam frigorífico para liberação de alvará

Priscilla Peres
Vistoria foi realizada na sexta-feira pelos Bombeiros. (Foto: Bruno Martins/A Gazeta News)Vistoria foi realizada na sexta-feira pelos Bombeiros. (Foto: Bruno Martins/A Gazeta News)

O frigorífico Frigman de Amambai - distante 360 km de Campo Grande, cumpriu mais uma etapa do processo de licença para voltar a funcionar. Após receber licença ambiental no início do mês, na sexta-feira o Corpo de Bombeiros vistoriou as instalações, para liberar o alvará de funcionamento da empresa.

Todos equipamentos de segurança foram testados, inclusive a estrutura como, luzes de emergência, extintores de incêndio, hidrantes e demais itens de segurança. Ao fim da vistoria, o Corpo de Bombeiros informou que tudo está correto e que o alvará provisório de funcionamento será expedido.

O frigorífico agora aguarda o SIF (Serviço de Inspeção Federal), expedido pelo Ministério da Agricultura para voltar a ativa. A previsão é que a autorização federal saia em 60 dias e ainda este ano cerca de 400 animais sejam abatidos por dia.

O proprietário, Ilmo Bauermann, conta que adquiriu o frigorífico em agosto de 2012, após o antigo dono ter pedido recuperação e a empresa ter ido a leilão. Desde janeiro de 2013, Ilmo tenta recuperar as licenças para voltar a operação. A unidade tem capacidade para abater 600 cabeças por dia e gerar mais de 500 empregos.

"No início, acredito que vamos gerar 250 empregos e abater umas 400 cabeças por dia, o que é bastante para o município que tem poucos locais para a população trabalhar", explica Ilmo Bauermann. Amambai tem aproximadamente 35 mil habitantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions