A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

03/04/2009 10:53

Carne e feijão mantêm o custo da cesta básica estável

Redação

Com quedas de preços na carne e feijão, o custo da cesta básica unitária se manteve estável no mês de março, em Campo Grande, conforme informação divulgada pela Semac (Secretaria de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento da Ciência e Tecnologia). Houve ligeira deflação, de 0,04%.

Para comprar alimentos necessários para uma pessoa o desembolso de março foi de R$ 216,76. A variação acumulada nos últimos 12 meses registrou índice de 14,37%; nos últimos seis meses, a variação chegou a 4,18% e, no ano, foi de 2,21%.

Entre os 15 produtos que compõem a Cesta Básica Alimentar, seis produtos acusaram queda de preço em março: feijão (11,64%), carne (6,45%), macarrão (4,95%), banana (3,56%), óleo de soja (2,59%) e leite tipo-C (0,67%). Os produtos que registraram altas foram: açúcar cristal (26,49%), tomate (12,23%), laranja (10,16%), sal (7,14%), alface (6,04%), batata (3,31%) e margarina (2,73%). Arroz e pão francês não apresentaram alteração de preço.

No caso do feijão a queda é explicada pela sobra de oferta no atacado. Já a carne está com estoques elevados nos frigoríficos, reflexo da queda das exportações. Já o açúcar encareceu em função das cotações internacionais e os estoques de tomate estão baixos devido ao final da safra.

Cesta Familiar

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions