A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/02/2016 09:46

Casos de ferrugem asiática crescem 208% em um mês nas lavouras de soja

Renata Volpe Haddad
Casos de ferrugem asiática crescem 208% em pouco mais de um mês, no Estado. (Foto: Pedro Singer/ Embrapa)Casos de ferrugem asiática crescem 208% em pouco mais de um mês, no Estado. (Foto: Pedro Singer/ Embrapa)

O número de casos de Ferrugem Asiática nas lavouras de soja de Mato Grosso do Sul cresceu 208% em 37 dias e passou de 12 casos em dezembro para 38 casos registrados até esta quinta-feira (4), de acordo com dados do Consórcio Antiferrugem, da Embrapa.

Chapadão do Sul, distante 321 km de Campo Grande, registra 12 casos de ferrugem asiática. O último caso registrado, foi dia 27 de janeiro, em uma lavoura de soja comercial. Um dia antes, 26 de janeiro, três casos foram registrados da doença no município, também em lavoura comercial.

Em Maracaju, distante 160 km da Capital, quatro casos foram registrados, sendo o último no dia 14 de janeiro em lavoura de soja comercial, localizada na Fundação MS. Já em Ponta Porã, estão registrados três casos da doença em lavouras de soja comercial, com último registro da ferrugem asiática no dia 09 de janeiro.

Naviraí e Laguna Carapã possuem dois casos registrados da doença. Em Naviraí, a ferrugem asiática deu em lavouras de soja plantadas em outubro, sendo que o primeiro registro da doença foi dia 28 de dezembro e o último, em 04 de janeiro.

Já em Laguna Carapã, o último registro de ferrugem asiática aconteceu no dia 07 de janeiro, em lavoura de soja comercial.

Brasil - O Paraná tem 121 ocorrências de ferrugem asiática em suas lavouras de soja, devido as contantes chuvas que atingem o Estado. Rio Grande do Sul tem 116 casos, seguido de Goiás com 63 ocorrências e Mato Grosso do Sul, com 38.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions