A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/05/2009 16:54

Chove menos em Dourados e em excesso em outras cidades

Redação

O município de Dourados enfrenta uma das mais longas estiagens da sua história. Segundo a Estação Meteorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, a quantidade de chuva na primeira quinzena deste mês é de 21 milímetros, 18,5% da média histórica de 113 mm dos últimos 30 anos. O percentual deste ano só supera os 17 mm registrados em 2006.

"As chuvas insuficientes ocorridas em Dourados não podem ser

generalizadas para toda a região sul de Mato Grosso do Sul. Com base nos

registros de algumas estações meteorológicas do Instituto Nacional de

Meteorologia [Inmet], verifica-se que em alguns municípios da região

ocorreram chuvas mais significativas em maio", explicou. Entre

estes municípios estão: Sete Quedas com 147 mm, Ponta Porã com 109 mm,

Amambai que teve 90 mm, Ivinhema com 56 mm e Sidrolândia com 55 mm.

Assim como em Dourados, as chuvas ocorridas nesta quinzena em Juti (44 mm), Maracaju (18 mm) e Rio Brilhante (14 mm) foram inferiores a 50 mm.

Em decorrência da longa estiagem na região, as perdas no milho safrinha superam 50%, segundo a Embrapa. Várias prefeituras já decretaram situação de emergência e a Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) divulgou estimativa de perdas de R$ 460 milhões no Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions